Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Setembro de 2020 | 18h34 - Actualizado em 23 Setembro de 2020 | 18h52

Animais vadios com "dias contados" no Lobito

Lobito - Dezenas de animais vadios que diariamente deambulam pelas diversas artérias do município do Lobito, na província de Benguela, começam esta semana a ser recolhidos pela administração local, à luz de um programa que visa evitar embaraços ao trânsito e travessia de peões, soube hoje, quarta-feira, a Angop.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cão vadio

Foto: Clemente Santos

Esse programa visa transformar as zonas rurais e urbanas em lugares mais aprazíveis ao convívio humano, através da sensibilização, recolha e, sobretudo, sanções aos proprietários.

Há mais de duas décadas que cães, porcos, cabritos e eventualmente gatos e macacos, são vistos a deambular na zona urbana e suburbana do Lobito, muitos deles junto a instituições com aglomeração de pessoas. Alguns desses animais são susceptíveis de transmitir raiva aos humanos em caso de mordedura.

O administrador local, Carlos Vasconcelos, com base na lei nº 12/11 de 16 de Fevereiro, alerta os proprietários desses animais sobre as transgressões administrativas cometidas de forma individual ou colectiva.

A administração avisa que o incumprimento da retirada dos animais da via pública implicará na recolha compulsiva dos mesmos, só podendo ser soltos mediante o pagamento da respectiva multa, no prazo de 48 horas, embora não tenha indicado o seu valor.

Por outro lado, o não pagamento da multa no prazo estabelecido, obrigará a Administração Municipal a dar a eses animais, os destinos achados convenientes.

Um dos principais problemas com que se debate a administração do Lobito é o da limpeza da cidade e o saneamento básico que, por sinal, consta dos sete projectos inscritos no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

Leia também
  • 17/09/2020 17:49:14

    Nova Estação de Água do Bocoio pode entrar em funcionamento em 2021

    Lobito - A nova Estação de Captação, Tratamento e Distribuição de Água da sede municipal do Bocoio, na província de Benguela, actualmente em fase final de construção, deverá entrar em funcionamento em Junho de 2021, beneficiando cerca de 61 mil cidadãos, anunciou o engenheiro civil Luís Lourenço.

  • 16/09/2020 16:25:52

    Bocoio regista aumento na oferta de energia eléctrica

    Lobito - Seis novos Postos de Transformação (PT) de electricidade de média para baixa tensão, com capacidade para atender duas mil famílias, entraram já em funcionamento no município do Bocoio, província de Benguela, para o reforço do sistema energético local, soube hoje, quarta-feira, a Angop.

  • 13/09/2020 10:26:18

    Baía Farta beneficia de infra-estruturas do PIIM

    Lobito - Dois projectos enquadrados no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) encontram-se já concluídos no município da Baía Farta, 25 quilómetros a sudoeste da cidade de Benguela, soube hoje, domingo, a Angop.