Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

08 Agosto de 2020 | 13h29 - Actualizado em 09 Agosto de 2020 | 12h19

Covid-19: Caso positivo de Malanje foi importado de Luanda

Malanje - O primeiro caso positivo da Covid-19 registado na província de Malanje, anunciado sexta-feira, foi importado de Luanda, esclarecu, este sábado, o director do Gabinete Provincial da Saúde, Avantino Sebastião.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com o responsável, trata-se de um indivíduo de 42 anos de idade, funcionário público, assintomático, que se infectou em Luanda, durante a sua estada em missão de serviço nos últimos 12 dias.

“Sustemos a hipótese de ser um caso importado porque antes dele sair de Malanje e por ser um cidadão exposto devido a sua actividade laboral, teve um teste rápido da Covid-19 que foi não reactivo”, frisou.

Acrescentou estar “descartada” a possibilidade de disseminação porque alegadamente o indivíduo não manteve contacto directo com familiares ou outras pessoas desde que chegou de viagem.

Avantino Sebastião precisou que, à sua chegada a Malanje, o infectado e dois acompanhantes foram submetidos a testes rápidos a seu pedido, tendo todos acusado reactivos a IGM.

Por este motivo, adiantou o director do Gabinete Provincial da Saúde, os três indivíduos  ficaram em quarentena institucional, enquanto aguardavam pelos resultados de confirmação.

Explicou que o infectado será encaminhado, nas próximas horas, ao Centro de tratamento e manuseio de casos positivos da Covid-19, no bairro Cahala, na cidade de Malanje.

Enquanto isso, os outros dois continuam isolados até à confirmação dos resultados, a partir do Instituto Nacional de Investigação em Saúde /INIS), na capital do país, após testes de RTPCR.

Para além de ser assintomático, o paciente não tem qualquer factor de risco ou doença associada à pandemia e começa a ser assistido a partir de hoje, depois de contactos com as autoridades sanitárias de Luanda, no sentido de rastrear os seus contactos directos daquela região.

Nesta altura, a província de Malanje conta com um único hospital de tratamento e manuseio de casos de Covid-19, na Cahala, que dispõe de 60 camas.

Dessas camas, seis são para cuidados intensivos, com cinco ventiladores mecânicos invasivos, igual número para cuidados intermédios para pessoas com dificuldades respiratórias moderadas e 48 para casos leves e assintomáticos.

A província conta também com um centro de quarentena institucional numa unidade hoteleira da localidade de Culamuxito, onde se encontram oito pessoas suspeitas de Covid-19, dos quais 5 por violação da cerca sanitária de Luanda, que também aguardam resultados dos exames.

Segundo as autoridades de Malanje, 13 pessoas estão em quarentena domiciliar, sob acompanhamento das equipas sanitárias.

Assuntos Província » Malanje   Saúde  

Leia também
  • 08/08/2020 19:22:41

    Covid-19: Estado de Calamidade Pública vai até 8 de Setembro

    Luanda - O Estado de Calamidade Pública em vigor em Angola desde 26 de Maio, com término previsto para domingo (9), foi prorrogado até ao dia 8 de Setembro.

  • 08/08/2020 16:27:17

    Piim financia construção de escolas em Pungo-A-Ndongo e Matete

    Cacuso - Duas escolas do I ciclo, com sete salas de aula cada, estão a ser construídas desde hoje, sábado, no sector de Matete e na comuna de Pungo-A-Ndongo, município de Cacuso, província de Malanje, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

  • 08/08/2020 12:24:11

    Campanha prevê vacinar sete mil animais contra raiva em Malanje

    Luquembo - Cerca de sete mil animais de estimação começaram a ser vacinados este mês nos municípios de Luquembo, Quirima, Cambundi Catembo, Quela e Mucari, pelo Departamento dos Serviços Veterinários do Gabinete Provincial da Agricultura e Pescas de Malanje.