Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Julho de 2020 | 13h08 - Actualizado em 15 Julho de 2020 | 14h56

Polícia evita morte encomendada por irmãos

Lubango - A Polícia Nacional impediu segunda-feira o assassinato de um homem de 52 anos, no município do Quipungo, província da Huíla, ao deter dois irmãos do mesmo encontrados a planificar a sua morte com supostos profissionais, em troca de 200 mil kwanzas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sede municipal do Quipungo, na província da Huila

Foto: Morais Silva

Os mentores do fracassado homicídio são homens de 24 e 60 anos de idade, que tencionavam matar o irmão com a ajuda de supostos assassinos, por causa de uma disputa de terra e crença no feiticismo.

O porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, Luís Filipe Zilungo, disse esta quarta-feira, no Lubango, que o crime estava a ser preparado no sector do Malipi, a 30 quilómetros da sede municipal do Quipungo, onde os suspeitos negociavam o montante a pagar aos supostos assassinos.

“Em interrogatório, eles (os mentores) confessaram que fizeram o pagamento da primeira prestação de 50 mil Kwanzas e, após a consumação do crime, entregariam os restantes 150 mil, mas a vítima descobriu e denunciou-os, tendo sido presos”, explicou.

Casos de assassinato por crença no feiticismo e disputa por heranças são comuns na Huíla, com particular realce para os municípios do Quipungo, da hibia, dos Gambos e de Quilengues, havendo o registo de 17 homicídios nos últimos dois anos.

O porta-voz revelou que a polícia deteve igualmente outras quatro pessoas, das quais uma mulher, pelo assassinato, por espancamento, de um indivíduo de 19 anos, supostamente meliante, quando tentava furtar um computador de uma residência, tendo o cadáver sido atirado ao rio Caculuvar.

Luís Filipe Zilungo anunciou também a detenção de um jovem de 21 anos de idade, por violar sexualmente uma adolescente de 15 anos numa via pública do bairro da Lalula.

Leia também
  • 15/07/2020 12:59:23

    Covid-19: Jornalistas recebem formação sobre biossegurança

    Cabinda - Jornalistas de diferentes órgãos de comunicação social público e privado na província de Cabinda vão participar, nos próximos dias, de uma acção formativa sobre as medidas de biossegurança, tendo em conta a pandemia da covid-19 no país.

  • 15/07/2020 10:46:35

    Feto encontrado em contentor de lixo no Soyo

    Mbanza Kongo - Um feto que aparenta ter cinco meses foi encontrado, na manhã desta quarta-feira, no interior de um contentor de lixo, na cidade do Soyo, província do Zaire.

  • 15/07/2020 10:41:25

    Administração do Moxico vai distribuir terras para residências

    Luena - A administração municipal do Moxico vai continuar a fiscalizar e a distribuir, este ano, espaços viáveis para construções ordenadas, com vista a desencorajar a edificação de residências em zonas de risco, anunciou hoje o administrador, Victor Pedro.