Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Julho de 2020 | 12h42 - Actualizado em 10 Julho de 2020 | 12h42

Ministra quer políticas integradas e sustentáveis para as populações

Luanda- A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina Alves, pediu, nesta sexta-feira, em Luanda, a elaboração de políticas integradas e sustentáveis, que respondam as necessidades e prioridades actuais das populações, em particular as mais vulneráveis, no quadro do novo paradigma e das reformas em curso no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Fernandes Alves (arquivo)

Foto: JOSÉ CACHIVA

A ministra fez este pedido na abertura do “Workshop técnico de revisão da Política Nacional da Acção Social”, considerando o encontro estratégico, por ter como objectivo  proporcionar um momento de análise e debate conjunto em torno da proposta de Diploma da Política Nacional da Acção Social.  

A responsável referiu que pretende-se uma  estratégia de operacionalização, numa perspectiva holística dos problemas e fenómenos sociais que afectam as famílias, para a consolidação de um Sistema Nacional de Protecção Social dinâmica, pragmático e eficiente.

 Faustina Alves esclareceu que pretendem que as acções do Governo e parceiro sejam implementadas de forma integrada e coordenada para responderem as diferentes dimensões da vulnerabilidade das famílias.   

A governante augurou que se congregue as diferentes opiniões e experiências dos distintos departamentos ministeriais, das organizações não governamentais, academias e centros de estudos científicos para se garantir que a Política Nacional da Acção seja de consenso e represente um pacto social.

Lembrou que a  Política Nacional da Acção vai permitir o estabelecimento de uma plataforma integrada de protecção social, multissectorial e multidisciplinar, que garanta aos indivíduos e agregados familiares mais pobres um nível de vida digna, a melhoria do acesso aos serviços básicos.

Durante o encontro foram apresentados o “Estatuto do Diploma da Politica Nacional da Acção Social”  e “Analisado os conteúdos relacionados a Protecção Social no quadro do Sistema Nacional da Protecção Social”, “Estratégia de operacionalização da Política Nacional de Protecção Social.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 10/07/2020 17:22:15

    Lançado projecto "fale connosco"

    Luanda - Um projecto online direccionado à criança, denominado "Fale Connosco", foi lançado esta sexta-feira, pela Fundação Arte e Cultura e pelo Instituto Nacional da Criança (INAC).

  • 10/07/2020 14:29:53

    Ministro reafirma compromisso para transformação do CEFOJOR

    Luanda - O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, reafirmou, nesta sexta-feira, o compromisso de transformação do Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR) em centro de excelência, para reanimar, formar e refrescar os profissionais do sector.

  • 09/07/2020 16:37:03

    Luzia Inglês assume desafios na OPM

    Luanda - A secretária regional da Organização Pan-africana da Mulher (OPM) para a África Austral, Luzia Inglês Van-Dunem “Inga” disse, quinta-feira, em Luanda, que, durante o seu mandato, irá empenhar-se no contínuo empoderamento das mulheres da região e do continente.