Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

18 Janeiro de 2020 | 11h12 - Actualizado em 20 Janeiro de 2020 | 10h51

Coreia do Sul reitera apoio à Educação

Ndalatando - O embaixador da República da Coreia do Sul acreditado em Angola, Kim Chang Sik, afirmou este sábado, em Ndalatando, que o seu país vai continuar a apoiar os projectos da área de educação, no âmbito da cooperação bilateral.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Embaixador da Coreia em Angola, Kim Chang Sik (Arquivo)

Foto: Clemente dos Santos

O diplomata sul-coreano falava à Angop, à margem da cerimónia de outorga de certificados de fim de curso aos 59 professores formados no centro educacional do município do Lucala, instituição afecta à organização não-governamental norueguesa "Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP)".

Kim Chang Sik indicou que o seu país tem, em carteira, a implementação de vários projectos ambiciosos no sector da Educação em Angola, que aguardam apenas por financiamento.

“O nosso principal objectivo, no âmbito da cooperação entre os dois países, é trocar experiências para facilitar o desenvolvimento da educação em Angola", observou.

 Fez saber ainda que o seu país vai enviar a Angola técnicos agrários especializados, para o reforço da cooperação no âmbito das tecnologias agrícolas.

Anunciou, para breve, a construção, em Luanda, de um centro de tecnologia avançada para apoiar a indústria nacional.

O diplomata sul-coreano referiu que a Coreia do Sul prevê, para os próximos tempos, aumentar o número de bolsas para estudantes angolanos em universidades coreanas nas áreas das tecnologias.

O país asiático concede, anualmente, 10 bolsas de estudos para estudantes angolanos.

O Governo coreano financiou, em 2012, através da Agência de Cooperação Internacional da Coreia do Sul (KOICA), as obras de ampliação do Centro Educacional do Lucala, além de outros projectos comunitários na circunscrição, num investimento avaliado em dois milhões e 435 mil dólares.

O embaixador prometeu mobilizar mais recursos, para continuar a apoiar as acções do centro educacional do Lucala, de modo a tornar a instituição num espaço de formação de excelência.

Leia também
  • 19/01/2020 16:55:48

    INAD desmina mais de 2 milhões de metros quadrados

    Ndalatando - Dois milhões 245 mil e 329 metros quadrados de terra, dos 60 milhões 545 mil e 840 metros quadrados identificados e delimitados, foram desminados pelo Instituto Nacional de Desminagem (INAD) na província do Cuanza Norte, de 2012 a 2019, numa acção que permitiu a recolha e destruição de 33 mil e 147 engenhos explosivos não detonados.

  • 17/01/2020 17:15:17

    Diplomata defende cooperação entre agências noticiosas angolana e italiana

    Roma - A embaixadora de Angola na Itália, Maria de Fátima Jardim, defendeu esta sexta-feira, em Roma, o reforço da cooperação entre a agência noticiosa angolana ANGOP e a sua congénere italiana ANSA.

  • 17/01/2020 12:44:31

    Jovem suicida-se por motivos passionais no Cuanza Norte

    Ndalatando - Uma jovem de 18 anos de idade suicidou-se na noite de quinta-feira na cidade de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, por motivos passionais.