Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

18 Janeiro de 2020 | 10h02 - Actualizado em 18 Janeiro de 2020 | 10h13

Celebrações do Dia dos Antigos Combatentes marcam semana

Luanda - As celebrações do Dia dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria (15 de Janeiro), bem como a abertura das inscrições na Universidade Agostinho Neto (UAN) marcaram o noticiário social da ANGOP, durante a semana que hoje (sábado) finda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Candidatos a inscrição para exames de acesso a Universidade Agostinho Neto 2020

Foto: Rosario dos Santos

O acto central da efeméride decorreu na província do Huambo, sob presidência do ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos "Liberdade", que procedeu à entrega de oito residências a igual número de ex-combatentes.

Actos idênticos foram realizados um pouco por todo país inserido no programa de melhoria das condições de vida dos assistidos.

No domínio da educação, a semana ficou marcada pelo registo de 30 mil e 340 candidaturas para os exames de acesso aos 44 cursos de graduação e oito de bacharelato para formação de professores do ensino técnico-profissional na Universidade Agostinho Neto (UAN).

De igual modo, o sector da saúde registou a assinatura de um acordo de cooperação técnica educacional entre a Ordem dos Enfermeiros de Angola e o Conselho Federal de Enfermagem do Brasil, para reforçar as relações bilaterais e o intercâmbio técnico-profissional.

No mesmo sector, fez eco nos últimos sete dias o anúncio da selecção de 61 mil e 607 candidatos seleccionados para a realização de provas nas carreiras dos profissionais de saúde e do regime geral no concurso público do Ministério da Saúde, num total de 98.940 inscritos.

Outro assunto social que esteve em destaque foi o incêndio de médias proporções que deflagrou no edifício da Imprensa Nacional, em Luanda, sem causar vítimas mortais.

As causas da ocorrência, que destruiu móveis da zona de recepção, continuam desconhecidas.

 O anúncio do Banco de Fomento de Angola de disponibilizar USD quatro milhões para apoio de causas sociais, fez igualmente manchete, sendo que o valor será distribuído para patrocínios, donativos e prémios para de projectos das áreas da educação, saúde e inclusão social e financeira, bem como meio ambiente e sustentabilidade ecológica, para o reforço da consciência da preservação da natureza.

Assuntos Resenha   Sociedade  

Leia também
  • 17/01/2020 22:53:56

    Seis mil pessoas vivem em zonas de risco no Lubango

    Lubango - Pelo menos seis mil pessoas vivem em zonas consideradas de risco, no município do Lubango, província da Huíla, revelou esta sexta-feira, nesta cidade, o administrador local, Armando Vieira.

  • 17/01/2020 16:59:16

    JMPLA de Malanje lança campanha solidária

    Malanje - Uma campanha solidária, que visa a recolha de donativos para acudir as vítimas de calamidades naturais da província de Malanje, foi lançada hoje, sexta-feira, pelo secretariado da JMPLA da circunscrição.

  • 17/01/2020 12:44:31

    Jovem suicida-se por motivos passionais no Cuanza Norte

    Ndalatando - Uma jovem de 18 anos de idade suicidou-se na noite de quinta-feira na cidade de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, por motivos passionais.