Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

29 Outubro de 2019 | 17h59 - Actualizado em 29 Outubro de 2019 | 18h54

Vice-governador destaca papel da Angop

Mbanza Kongo - O vice-governador para o sector Político, Social e Económico, António Kialungila, destacou nesta terça-feira, em Mbanza Kongo, o papel desempenhado pela Agência Angola Press (Angop) na projecção da imagem do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da ANGOP

Foto: Angop

Em declarações à Angop, no âmbito do 44º aniversário deste órgão de comunicação social, a assinalar-se a 30 de Outubro, o responsável disse que a Agência Angola Press espelha a imagem do país para o mundo em todas as vertendes da sociedade e em tempo real.

Afirmou que o portal da Angop tem disponibilizado, aos seus usuarios nacionais e estrangeiros, informações precisas e de diversos quadrantes sobre actualidade nacional e internacional.

Admitiu ser leitor assíduo do portal da Angop e considerou positivo o trabalho desenvolvido pelos profissionais deste órgão de comunicação social.

Encorajou os profissionais da Angop a prosseguirem com o mesmo dinamismo no sentido de contribuírem no processo de desenvolvimento de Angola.

Lunda Sul

Uma missa em homenagem aos trabalhadores da Delegação Provincial da Agência Angola-Press (ANGOP) da província da Lunda Sul foi realizada hoje, terça-feira, na Igreja Assembleia de Deus Pentecostal, em Saurimo, no quadro do aniversário da instituição.

A missa, presidida pelo pastor Alberto Ngola, foi assistida por centena de pessoas, entre amigos, familiares e profissionais dos mais variados órgãos do sector da comunicação social.

O pastor apelou aos trabalhadores da Angop humildade e persistência, para o bom desempenho da sua actividade profissional.

Na ocasião, o delegado provincial da Angop da Lunda Sul, João Wassamba, explicou que a missa serviu para prestar tributo aos colegas já falecido, mas que muito ajudaram para o crescimento da empresa e da circunscrição.

Huíla

O quadro sénior da Rádio Nacional de Angola (RNA) Joaquim Gonçalves considerou crucial o papel Angop na divulgação da imagem real do país no estrangeiro, principalmente na época do conflito armado.

Falando numa palestra sobre “O papel da Angop na visão de um antigo correspondente da Deutsche Velle (Voz da Alemanha) ”, promovida pela delegação da Agência Angola Press e dirigida a estudantes do Instituto Superior Politécnico Independente, Joaquim Gonçalves ressaltou que a Agência Angola Press foi importante na actualização de factos sobre a realidade Angolana, na Alemanha na década de 1990.

“Em 1989 estávamos colocados na Rádio Voz da Alemanha e chegavam vários relatos sobre o desenrolar do conflito em Angola e das fontes mais fiáveis que tínhamos era a Angop”, reconheceu.

Destacou os despachos da Delegação Provincial da Huíla, por terem sido em maior volume de peças, cujas notícias eram retomadas pela rádio Voz da Alemanha (Deutsche Velle).

Com 60 anos de idade, Joaquim Gonçalves ingressou na RNA em 1976, na cidade do Lubango, tendo em 1982 seguido para Luanda onde se tornou numa das principais vozes dos noticiários da Rádio Nacional de Angola.

Em 1983, Joaquim Gonçalves integrou os quadros da Voz da Alemanha, serviços em língua portuguesa, instituição na qual permaneceu até no ano 2000.

Cunene

Profissionais de órgãos da Comunicação Social da província do Cunene foram esclarecidos hoje, terça-feira, na cidade de Ondjiva, sobre quais os limites do jornalista no tratamento de informações dos casos de corrupção, branqueamento de capital, lavagem de dinheiro, nepotismo e crimes conexos.

A palestra, inserida na jornada comemorativa ao 44º aniversário da Angop, permitiu capacitar os jornalistas sobre as formas de abordar as matérias relacionadas com os casos de corrupção.

Na ocasião, o procurador da República Titular, em exercício, Joaquim Panzo,  disse que os jornalistas gozam da liberdade ao divulgar estas informações, desde que pautem por princípios e ética deontológica da profissão, para não violarem o segredo da justiça.

Exortou aos jornalista no sentido de procurarem relatar factos, baseados na verdade para não entrarem em choque com a fonte.

“Desta forma, o jornalista estaria a cumprir com sua nobre missão de manter a sociedade melhor informada sobre tudo que acontece na sociedade”, acrescentou.

A Angop foi criada em Julho de 1975, com a denominação de Agência Nacional Angola Press (ANAP).

No início, os seus trabalhos eram distribuídos sob a forma de boletim impresso, até que, no dia 30 de Outubro do mesmo ano, lançou o seu primeiro despacho telegráfico. Anualmente, comemora-se, a 30 de Outubro, o aniversário da agência.

Cabinda

Um debate radiofónico sobre “O papel da Angop no contexto actual” realizado hoje, terça-feira, na província de Cabinda, marcou o programa de comemorações do 44º aniversário deste órgão de comunicação social, na circunscrição.

O sociólogo Sevo Agostinho afirmou que Angop está a desempenhar com zelo e dedicação a sua missão e está a caminhar em direcção à excelência.

"Temos de afirmar que Angop está a mudar para melhor e esse crescimento é resultado de do esforço dos seus profissionais que tem permitido melhorar a qualidade dos seus serviços informativos”, destacou.

Já o jornalistas e antigo director da emissora provincial da RNA de Cabinda Silas Silvestre disse que tem acompanhado com a atenção o processo evolutivo Angop, cuja dinâmica informativa que possui permite coloca-la em pé de igualdade com as maiores agências de notícias do mundo.

"A Angop conheceu níveis de crescimento e modernização significativos que fazem desta agência a principal fonte de produção de conteúdos para outros órgãos de comunicação social”, admitiu.

Leia também
  • 29/10/2019 10:07:42

    Seis localidades da Chibia beneficiam de água

    Chibia - Nove mil habitantes das zonas mais afectadas pela seca no município da Chibia, província da Huíla, beneficiam, desde segunda-feira, de seis pontos de água, no quadro do programa de emergência de combate à seca da Presidência da República.

  • 27/10/2019 14:18:23

    Bispo Católico quer jovens comprometidos com a pátria

    Lubango - O arcebispo emérito metropolita do Lubango, Dom Zacarias Kamwenho, defendeu hoje, domingo, na localidade do Toco, arredores da cidade do Lubango, a necessidade dos jovens identificarem-se com problemas dos outros e estarem alinhados aos propósitos da pátria.

  • 26/10/2019 13:12:07

    CABGOC financia campanha de segurança rodoviária

    Cabinda - A subsidiária da multinacional petrolífera Chevron, Cabinda Gulf Oil Company (CABGOC), em parceria com os sectores da educação e a direcção provincial de Viação e Trânsito lançaram, este sábado, a campanha de segurança rodoviária nas escolas de Cabinda.