Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

05 Outubro de 2019 | 15h10 - Actualizado em 05 Outubro de 2019 | 15h10

PAM sugere experiência de sucesso para conter seca no sul de Angola

Roma - O director executivo do Programa Alimentar Mundial (PAM), David Beasley, sugeriu, em Roma, experiências de sucesso noutras áreas áridas, que podem ser objecto de adaptação para a agricultura no sul de Angola, particularmente nas províncias mais afectadas pelas alterações climáticas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

David Beasley falava durante uma audiência que concedeu à embaixadora angolana Fátima Jardim, que serviu para entregar as cartas credenciais na qualidade de representante junto desta agência da ONU.

Nesse âmbito, a embaixadora convidou  o director do PAM para visitar Angola no próximo ano para se inteirar dos efeitos da seca no sul do país, bem como constatar in loco o desenvolvimento do projecto Okavango.
 

Fátima Jardim aproveitou a ocasião para agradecer o apoio do PAM que tem concedido aos refugiados da RDC, que começam a regressar às suas zonas de origem, devido à melhoria da situação.
No próximo Conselho de Administração do PAM, a ter lugar em Novembro próximo, vai ser analisado o Plano  Estratégico Provisório de Angola, para o período 2020-2022, que abrange a assistência aos refugiados da RDC e ao Governo angolano, respectivamente. 
 
A audiência no PAM encerrou o ciclo de apresentação das cartas credenciais aos responsáveis das três agências da ONU sediadas em Roma (incluindo a FAO), aos quais a nova representante permanente reiterou a necessidade da presença de  um maior número de quadros angolanos nas suas estruturas, localmente ou no terreno.
 
Fátima Jardim foi acreditada como  embaixadora extraordinária e plenipotenciária na Itália no dia 24 de Setembro.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 05/10/2019 14:44:57

    Itália: FIDA aprova projecto de Angola de apoio à resiliência

    Roma - A nova representante junto do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), embaixadora Fátima Jardim, manifestou sexta-feira, em Roma, a sua satisfação por esta agência da ONU ter aprovado, em Setembro, o projecto de Angola de apoio à melhoria da resiliência dos pequenos produtores e reiterou a necessidade da indicação de um representante no país.

  • 05/10/2019 14:17:55

    Angola participa em reunião sobre refugiados

    Genebra - Angola participa, de 7 a 11 de Outubro, em Genebra, na 70ª sessão do Alto- Comissariado das Nações Unidas, numa altura em que o país africano conta com 161 mil e 345 estrangeiros em situação regular, dos quais mais de 65 mil são refugiados e requerentes de asilo.

  • 05/10/2019 02:19:21

    Resenha Social: Reabertura do Centro Ortopédico de Viana marca semana

    Luanda - A reabertura do Centro Ortopédico e de Reabilitação Polivalente António Agostinho Neto, no município de Viana, pelo Presidente da República, João Lourenço, mereceu destaque social da semana que hoje, sábado, termina.