Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

05 Outubro de 2019 | 18h40 - Actualizado em 05 Outubro de 2019 | 18h40

Angolanos residentes na Namíbia serão registados

Windhoek - O Consulado de Angola dará início ao registo dos angolanos residentes na Namíbia, anunciou, este sábado, em Windhoek, a embaixadora extraordinária e plenipotenciária no país vizinho, Jovelina Imperial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jovelina Imperial, Embaixadora de Angola na República da Namíbia

Foto: Francisco Miúdo/arquivo

Estima-se que mais de 50 mil cidadãos angolanos estejam inscritos nas representações consulares de Angola na Namíbia, sem contar com os ilegais.

A título de exemplo, o Consulado Geral de Angola em Oshakati controlava 28 mil angolanos residentes nas regiões de Omusati, Oshikoto, Oshana, Ohagwena e Cunene.

O cidadão angolano residente na Namíbia apenas dispõe de cartão consular, que facilita a sua mobilidade no território, uma vez que o passaporte só pode ser tratado com o bilhete de identidade, documento ainda não emitido localmente.

A embaixadora Jovelina Imperial manteve um encontro com a comunidade angolana residente na localidade de Ombili, do bairro Katutura, em Windhoek, cujo foco central esteve relacionando com a situação residentes na Namíbia.

A reunião, na qual participaram cerca de angolanos, enfatizou a falta de documentação legal e o número elevado de jovens angolanos que atravessam a fronteira da Santa Clara ilegalmente com o propósito de procura de alegadas melhores condições de vida.

O primeiro encontro com a comunidade aconteceu um mês depois da acreditação da diplomata angolana na República da Namíbia e contou com a presença de representantes do Prefeitura da Cidade de Windhoek e da Polícia Namibiana.

Assuntos Angola   Namíbia  

Leia também
  • 05/10/2019 15:10:52

    PAM sugere experiência de sucesso para conter seca no sul de Angola

    Roma - O director executivo do Programa Alimentar Mundial (PAM), David Beasley, sugeriu, em Roma, experiências de sucesso noutras áreas áridas, que podem ser objecto de adaptação para a agricultura no sul de Angola, particularmente nas províncias mais afectadas pelas alterações climáticas.

  • 05/10/2019 14:44:57

    Itália: FIDA aprova projecto de Angola de apoio à resiliência

    Roma - A nova representante junto do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), embaixadora Fátima Jardim, manifestou sexta-feira, em Roma, a sua satisfação por esta agência da ONU ter aprovado, em Setembro, o projecto de Angola de apoio à melhoria da resiliência dos pequenos produtores e reiterou a necessidade da indicação de um representante no país.

  • 05/10/2019 14:17:55

    Angola participa em reunião sobre refugiados

    Genebra - Angola participa, de 7 a 11 de Outubro, em Genebra, na 70ª sessão do Alto- Comissariado das Nações Unidas, numa altura em que o país africano conta com 161 mil e 345 estrangeiros em situação regular, dos quais mais de 65 mil são refugiados e requerentes de asilo.