Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Setembro de 2019 | 13h51 - Actualizado em 23 Setembro de 2019 | 16h00

Sobe para três o número de mortos do acidente de Cabinda

Luanda - Dois trabalhadores da empresa de construção civil chinesa "Zambiami", em Cabinda, atingidos, sábado, pela explosão de uma caldeira, morreram nas últimas horas, aumentando para três o número de vítimas mortais deste acidente.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os trabalhadores fazem parte dos 14 evacuados no mesmo dia para Luanda depois de terem sido atingidos pelo produto, derramado em alta temperatura de uma caldeira artesanal de processamento de alcatrão e betão betuminosa que explodiu na hora dos ensaios.

Segundo o director clínico em exercício da clínica Girassol, Sérgio Neto, em declarações hoje (segunda-feira) à TPA, dos 11 pacientes, cinco foram transferidos para o hospital do queimados e dois para a clínica Multiperfil.

Fez saber que devido a inalação de gases, que pode causar queimaduras às vias respiratórias, os cirurgiões plásticos da equipa multidisciplinar que acompanha os pacientes mostram-se apreensivos quanto ao prognóstico dos 11 sobreviventes.

A empresa Zambiami trabalha em Cabinda no ramo de construção civil há mais de 8 anos e conta com mais de 200 trabalhadores angolanos e 100 chineses, entre engenheiros civis, arquitectos e outros técnicos do ramo de construção civil.

O incidente aconteceu por volta das 16 horas nas instalações da empresa chinesa, na localidade de Chiazi, a aproximadamente 18 quilómetros a norte de Cabinda.

A caldeira, de fabrico artesanal, tinha cerca de mil metros cúbicos de alcatrão no momento do processamento. A falta de controlo dos procedimentos de segurança provocou a sua explosão, tendo o produto, a altas temperaturas, atingido os 14 trabalhadores que assistiam aos testes.

Em função do seu estado crítico, os sinistrados foram evacuados, num voo da Força Aérea Angolana, para hospitais de especialidade na capital angolana.

Assuntos Acidentes  

Leia também
  • 18/09/2019 16:31:50

    Cinco pessoas da mesma família morrem em acidente em Icolo e Bengo

    Luanda - Cinco pessoas da mesma família morreram depois do carro em que seguiam colidir de frente contra uma outra viatura na Estrada Nacional número 230, no município de Icolo e Bengo, em Luanda.

  • 09/09/2019 15:14:04

    Acidente de viação causa seis mortes no Dundo

    Dundo - Seis pessoas morreram e nove outras ficaram feridas em resultado de um acidente de viação ocorrido neste fim-de-semana na Estrada Nacional 225, no troço Chitato/Lóvua, na Lunda Norte.

  • 05/09/2019 13:35:39

    Colisão em cadeia causa dois feridos no Belas

    Luanda - Um choque em cadeia, envolvendo 11 viaturas, foi registado na tarde de quarta-feira, na Estrada Nacional número 100, no município de Belas, em Luanda, causando dois feridos, um em estado grave.