Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Setembro de 2019 | 14h05 - Actualizado em 23 Setembro de 2019 | 15h04

Sobe para cinco número de mortos do acidente da Catumbela

Lobito- O número de vítimas mortais do acidente de viação ocorrido na última terça-feira, 17, na Estrada Nacional EN100, próximo do condomínio Boa Esperança, no município da Catumbela, em Benguela, subiu para cinco, apurou hoje a Angop de fonte hospitalar.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Acidentes de viação continuam a enlutar famílias angolanas

Foto: Morais Silva

A quinta vítima, que se encontrava a receber tratamento médico, acabou por falecer este fim-de-semana na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) do Hospital Geral de Benguela.

O acidente, envolvendo uma viatura que transportava a urna durante um funeral, fez três mortos no local e uma quarta vítima, um bebé de oito meses que não resistiu aos ferimentos, perecendo já no Hospital Municipal de Benguela.

Fonte hospitalar confirmou à Angop, via telefone, a informação dada por um familiar, tratando-se de uma mulher de 64 anos de idade, que estava internada nos cuidados intensivos com politraumatismo com contusão cerebral grave e uma fractura no braço esquerdo.

Outros três feridos, entre os quais dois homens, de 20 e 29 anos, com fractura no fémur esquerdo (um deles é o motorista da viatura que provocou o acidente) e uma mulher, de 31 anos, com trauma crânio-encefálico, nomeadamente a mãe do bebé que faleceu na Catumbela, permanecem internados no Hospital Geral de Benguela.

No entanto, a directora clínica interina do Hospital Geral de Benguela, médica Guilza Morais, explicou que está a ser prestado apoio psicológico às vítimas, tendo em conta o impacto da perda de vidas humanas para as famílias.

Segundo a responsável, a situação é de tal modo delicada que obrigou a mobilização de uma equipa médica multidisciplinar, que além de médicos em neurocirurgia, cirurgia geral e ortopedia, integra dois psicólogos, que estão a prestar apoio aos feridos, desde a chegada ao hospital.

O acidente, que aconteceu no feriado nacional do Dia do Herói Nacional, 17 de Setembro, envolveu directamente três veículos, um ligeiro e dois de mercadoria, que colidiram nas proximidades do condomínio Boa Esperança, entre a comuna do Luongo e a Catumbela.

Na altura, o motorista de uma viatura Hyundai H100, proveniente do Lobito, com destino a Benguela, terá perdido o controlo do veículo e invadido a faixa contrária, após o que embateu num Toyota Hilux, em cuja carroçaria as três primeiras vítimas seguiam a caminho de um funeral.

Dos 13 sobreviventes do acidente, oito já tiveram alta. Destes, três - com ferimentos ligeiros na face, joelho e pé - foram assistidos no Hospital Geral de Benguela, ao passo que outros cinco no Hospital da Catumbela, incluindo uma grávida de cerca de quatro meses.

Restos mortais das vítimas foram já a enterrar

Os restos mortais das primeiras três vítimas já repousam no Cemitério do Luongo, desde sexta-feira, enquanto a bebé foi sepultada apenas no último sábado, em Benguela.

A empresa EL, de construção civil, proprietária da viatura que provocou o acidente, assumiu as despesas dos óbitos disponibilizando aos familiares urnas para o enterro das vítimas.

Tudo aponta para excesso de velocidade, associado a uma falha mecânica, como causa do acidente, segundo relatos do chefe de Departamento de Segurança e Prevenção Rodoviária em Benguela, inspector-chefe Silva Ribeiro Canguengue.

Leia também
  • 21/09/2019 22:29:13

    Praias em Benguela com vigilância reforçada

    Lobito - Duzentos e 48 nadadores - salvadores vão garantir a segurança dos banhistas nas praias marítimas e fluviais vigiadas da província de Benguela, a fim de se reduzir os afogamentos durante a época balnear - que arrancou oficialmente hoje e vai até 15 de Maio de 2020.

  • 19/09/2019 13:49:59

    Detectadas mais de 100 tentativas de duplo registo de nascimento

    Ganda - Cento e 80 casos de tentativa de duplo registo de nascimento foram detectados, nos últimos quatro meses, pelo Serviço de Registo Civil e Notariado do município da Ganda, em Benguela, informou esta quinta-feira, o seu responsável, Lucas Joaquim Alfredo.

  • 18/09/2019 16:35:58

    Cidadã de 70 anos atropelada mortalmente numa passadeira

    Catumbela - Uma cidadã que aparenta ter 70 anos de idade foi atropelada mortalmente na manhã desta quarta-feira (18), na Estrada Nacional EN100, quando atravessava uma passadeira em frente ao Hospital da Polícia Nacional, no município da Catumbela, província de Benguela.