Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

09 Setembro de 2019 | 15h50 - Actualizado em 09 Setembro de 2019 | 16h55

Agentes sanitários actualizam conhecimentos

Malanje - Sessenta Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário dos municípios de Cacuso e Quela, província de Malanje, participam desde hoje (segunda-feira) numa formação de refrescamento sobre controlo e prevenção da malária.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Agentes Comunitários e Sanitários em trabalho de campo (ARQUIVO)

Foto: Lucas Leitão

Com a duração de quatro dias, o acto está a ser promovido pelo Fundo de Apoio Social (FAS), em parceria com as administrações municipais de Cacuso e Quela. Os participantes vão actualizar matérias ligadas ao cadastramento único das famílias, municipalização da acção social, riscos e vulnerabilidade, entre outras.

Na abertura do evento, o chefe de departamento provincial do FAS, Gomes Golambole, disse que os módulos seleccionados para a formação visam o contínuo combate à malária e a expansão da municipalização da acção social.

O responsável precisou que a política nacional dos Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS) é um instrumento essencial e indispensável para a mudança de comportamento, assim como de boas práticas de higiene, saneamento, vacinação das crianças e consultas pré-natais.

Gomes Golambole informou que a província de Malanje controla 210 agentes sanitários distribuídos em sete municípios: Malanje, Cacuso, Quela, Kiwaba Nzoji, Calandula, Cangandala e Luquembo.

Acrescentou que os formandos vão, igualmente, abordar matérias relacionadas com o trabalho dos agentes sanitários e a sua micro-área, perfil do agente sanitário na comunidade, dimensões e sub-dimensões das vulnerabilidades e o trabalho dos  agentes sanitários (adecos) na promoção da mudança de comportamento.

O agente sanitário tem a missão de identificar e acompanhar crianças menores de cinco anos e mulheres grávidas, no pré e pós-parto, bem como promover o saneamento básico e o resgate dos valores morais e cívicos no seio das comunidades rurais.

Cada agente sanitária apoia 100 famílias.

Leia também
  • 09/09/2019 15:41:38

    Lançado concurso para exploração de centros de inspecção de viaturas

    Saurimo - A Direcção Provincial da Viação e Trânsito (DPVTR) na Lunda Sul lançou hoje (segunda-feira), em Saurimo, o concurso público para a construção e exploração de dois centros de inspecção de viaturas.

  • 08/09/2019 18:32:39

    Jornalistas consideram haver pouca abertura das fontes

    Malanje - Jornalistas de vários órgãos de comunicação social, em Malanje, apontam a falta de abertura por parte de certas fontes de informação, sobretudo de organismos públicos, como sendo factor de inviabilidade na divulgação de factos noticiosos.

  • 08/09/2019 14:46:42

    Lunda Sul conta com núcleo do Instituto Médio Bíblico de Angola

    Saurimo - O núcleo provincial do Instituto Médio Bíblico de Angola (IBA), afecto a Igreja Assembleia de Deus Pentecostal, foi aberto hoje, domingo, em Saurimo (Lunda Sul), numa cerimónia que contou com o vice decano da instituição, Pascoal João.