Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Julho de 2019 | 00h51 - Actualizado em 12 Julho de 2019 | 12h02

Prédio habitado pode desabar na Ingombota

Luanda - O edifício denominado "prédio do banco BIC", localizado no largo do Pelourinho, Avenida Rainha Ginga, distrito urbano da Ingombota, em Luanda, deve ser evacuado por estar na iminência de desabar, recomendou nessa quinta-feira o Comando do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O prédio está localizado nas proximidades do largo Amizade Angola e Cuba, ex-largo do Baleizão, por detrás do Comando Geral da Polícia Nacional.

Depois de especialistas dos bombeiros terem feito uma avaliação técnica, no final da tarde dessa quinta-feira, constataram que o prédio apresenta fissuras e já registou o desabamento do tecto falso de diversos apartamentos.

“  É um perigo eminente o actual estado do edifício. A parte exterior está bastante degradada, pelo que urge a necessidade de medidas urgentes ”, disse à Angop o chefe do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do SNPCB, Faustino Sebastião.  

De acordo com o responsável, não se efectuou ainda a evacuação do edifício por falta de uma concertação com os órgãos da administração, nomeadamente Governo Provincial de Luanda, comissão administrativa e administração distrital.

Com 11 andares e mais de 50 apartamentos, o prédio tem actualmente 30 famílias, as outras já abandonaram por temerem pelo desabamento.  

Leia também
  • 12/07/2019 01:48:34

    Gala solidária arrecada mais de seis milhões de kwanzas em leilão

    Luanda - O Governo da Província de Luanda (GPL) arrecadou, na noite dessa quinta-feira, por altura de um leilão realizado na gala de beneficência "Luanda Solidária", a favor das vítimas da seca no sul do país (províncias do Namibe, Cunene, Huíla e Cuando Cubango), seis milhões e 300 mil kwanzas.

  • 11/07/2019 17:35:39

    Polícia detém pastor congolês acusado de abuso sexual

    Luanda - As autoridades policiais angolanas detiveram na quarta-feira, em Luanda, um pastor de nacionalidade congolesa da Igreja do Espírito Santo (IESA), acusado de abusos sexuais e de ter engravidado uma adolescente, informou fonte da Polícia Nacional (PN).

  • 11/07/2019 16:49:29

    Recolhidas mais de nove toneladas de bens para vítimas da seca

    Ndalatando - Cerca de nove toneladas de bens diversos foram angariados, durante trinta dias, pela emissora provincial da Rádio Nacional de Angola (RNA) do Cuanza Norte, no âmbito da campanha solidária de recolha de donativos para as vítimas da seca do sul do país.