Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

28 Maio de 2019 | 09h32 - Actualizado em 28 Maio de 2019 | 09h32

Vice-governadora do Uíge exorta medidas de protecção às crianças

Uíge - A vice-governadora para o sector político, social e económico do Uíge, Catarina Pedro Domingos, defendeu segunda-feira, nesta cidade, o reforço das medidas de protecção às crianças, com vista ao seu bem-estar na sociedade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A vice-governadora falava na abertura das actividades alusivas ao 1 de Junho, Dia Internacional da Criança, complementada com uma palestra sobre o tema "Fuga à Paternidade, Maternidade e Abandono de Crianças", dirigida aos militares da Região Militar Norte.

Catarina Domingos recordou que o primeiro ciclo de protecção da criança é a família, depois a sociedade, e, em última instância, o Estado, pelo que se deve trabalhar no sentido de criar-se melhores medidas de prevenção das crianças.

"Não devemos apenas nos mobilizar para aquilo que é a nossa responsabilidade como pais. Devemos se preocupar também naquilo que é o ponto de partida para uma educação séria para as crianças nas nossas casas e na sociedade, porque nelas se espera o futuro próspero do país", disse.

A vice-governadora repudiou as acusações de feitiçaria contra crianças, que lhes leva a abandonar o seio da família e tornarem-se meninos de rua, pelo que nesta semana de reflexão espera que a sociedade mude de comportamento.

Por sua vez, a chefe provincial do Instituto Nacional da Criança (INAC), Eulária Martins, referiu que a palestra consta do programa de actividades para saudar a “Semana de Reflexão sobre a Protecção da Criança Contra à Violência”, a decorrer de 27 de Maio a 1 de Junho do ano em curso.

Campanhas de sensibilização nas comunidades, famílias, instituições do Estado e Organizações Não-Governamentais para o reforço das medidas de protecção, abuso sexual, denuncias sobre à violência contra criança, apoio dos adultos aos 11 direitos consagrados, entre outras acções, constam das actividades a serem realizadas durante a semana de reflexão.

Leia também
  • 25/05/2019 14:33:44

    Académico refuta teoria da inexistência de civilização em África

    Mbanza Kongo - O reitor da Universidade 11 de Novembro, João Manuel, considerou, sexta-feira (24), em Mbanza Kongo, província do Zaire ser "erro de base" a insinuação de que África é continente sem civilização, visto que desde sempre teve a sua própria cultura e identidade.

  • 24/05/2019 21:32:26

    Masfamu repudia actos de violência contra crianças

    Luanda - O Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (Masfamu) manifestou, nesta sexta-feira, em Luanda, a sua repudiação pelo aumento do número de casos de abusos sexuais e agressões físicas contra menores.

  • 22/05/2019 22:34:29

    PN desmantela grupo integrado por duas meninas no Uige

    Uíge - Um grupo de supostos marginais, integrado por oito elementos, dos quais duas meninas, que se dedicava a assaltos, roubo, furto e violações, sobretudo nos bairros Candombe Velho e Papelão, foi desmantelado pela Polícia Nacional na cidade do Uíge.