Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

27 Abril de 2019 | 18h03 - Actualizado em 27 Abril de 2019 | 18h03

Interior doa bens às vítimas do ciclone Idai em Moçambique

Moçâmedes - Mais de duas mil toneladas de produtos diversos foram doados hoje, sábado, na cidade de Moçâmedes, por efectivos da Delegação Provincial do Ministério do Interior do Namibe, no âmbito de uma campanha de recolha de donativos para as vítimas do ciclone Idai em Moçambique.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os bens recolhidos, entre roupa, calçados e alimentos não perecíveis, serão entregue ao Centro de Produção da Televisão Pública de Angola (TPA), que vão fazer chegar às vítimas do ciclone Idai que atingiu Moçambique (país mais afectado), Malawi e Zimbabwe.

Em declarações à Angop, o delegado provincial do Interior do Namibe, comissário Alberto Mendes, enalteceu a iniciativa solidária da TPA, por ajudar um povo irmão que passa por momentos difíceis, com graves privações.

Na ocasião, o chefe de Departamento Administrativo do Centro de Produção da TPA do Namibe, Abel Caluvi, disse estar satisfeito com a aderência de empresas públicas, privadas, Organizações Não Governamentais e pessoas singulares à campanha solidária, que tem permitido arrecadar toneladas de produtos diversos, prontos a serem transportados para Luanda, no domingo, e de seguida para Moçambique.

Classificado como um dos desastres naturais mais graves de sempre no hemisfério sul, o ciclone Idai provocou 603 mortos e afectou 1,5 milhões de pessoas na região centro de Moçambique.

    

Assuntos Província » Namibe  

Leia também
  • 24/04/2019 15:31:00

    Procurador quer trabalhadores esclarecidos sobre leis do país

    Moçâmedes - O procurador junto ao Serviço de Investigação Criminal (SIC) da província do Namibe, Mário Lombundo, defendeu hoje, quarta-feira, a necessidade dos funcionários estarem melhor informados sobre os conteúdos e normas jurídicas para conhecerem os seus direitos e evitarem conflitos com as leis do país.

  • 16/04/2019 18:40:13

    Padre quer inserção da Retórica no ensino universitário

    Moçâmedes - O padre Manuel Calengue defendeu hoje, terça-feira, na cidade de Moçâmedes, província do Namibe, a inserção da disciplina de Retórica no ensino universitário, como cadeira curricular, de forma a aprimorar os métodos de comunicação dos estudantes.

  • 15/04/2019 19:12:58

    Emponderamento da mulher considerado factor de progresso

    Moçamedes - O emponderamento da mulher é um factor para o progresso social, tendo em atenção o bem-estar das famílias, afirmou nesta segunda-feira, em Moçamedes, o secretário-geral do MPLA, Álvaro de Boavida Neto.