Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Novembro de 2019 | 13h07 - Actualizado em 15 Novembro de 2019 | 13h01

Mais de 100 contadores de consumo de água vandalizados

Chitato - Cento e setenta e cinco contadores de consumo de água, dos 923 existentes, foram vandalizados no município de Chitato, Lunda Norte, denunciou hoje (sexta-feira), o Presidente do Conselho de Administração da Empresa Pública das Águas e Saneamento, Camilo André.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Supõem-se que o acto esteja a ser praticado por alguns moradores (destruição e/ou subtracção dos contadores), a fim de adulterarem as facturas ou evitar que paguem o consumo do líquido.

Sem avançar os custos e/ou prejuízos causados, o responsável disse que o caso está ser investigado pelos órgãos afins, no sentido de responsabilizar os “vândalos”.

Por outro lado, o responsável incentivou os moradores desta circunscrição a celebrarem contratos, evitando o consumo de água de forma ilegal, o que tem causado prejuízos na gestão da distribuição do produto.

Explicou que a celebração de contratos ronda os cinco mil e 500 kwanzas e é negocial, ou seja, se o morador não tiver condições de pagar o valor completo, pode faze-lo em duas prestações, ou sofrer descontos na medida que vai fazendo o pagamento mensal.

Informou que das mil e 50 ligações domiciliares, apenas 923 celebraram o contrato até agora.

Actualmente a Empresa Provincial de Águas e Saneamento (EPAS) conta com seis mil e 800 clientes, dos quais quatro mil não pagam o consumo de água.

A Lunda Norte tem dois sistemas de captação, tratamento e distribuição de água (nos municípios do Dundo e Chitato) de 300 metros e 280 metros cúbicos/hora.

Leia também
  • 15/11/2019 09:52:13

    Autoridades tradicionais solicitam infra-estruturas sociais no Canzar

    Cambulo - As autoridades tradicionais da comuna de Canzar, município de Cambulo (Lunda Norte) solicitaram (quinta-feira) a reabilitação da via que liga a sede comunal ao posto fronteiriço local, a construção de uma escola do II ciclo e um hospital.

  • 11/11/2019 12:50:47

    Lunda Norte: Lóvua ganha infra-estruturas sociais

    Lóvua - O município do Lóvua, cerca de 45 quilómetros da cidade do Dundo, Lunda Norte, ganhou hoje, segunda-feira, uma escola de seis salas de aulas e igual número de centro de saúde, inaugurados pelo governador local, Ernesto Muangala, no âmbito das comemorações do 44º aniversário da Independência.

  • 10/11/2019 16:03:48

    Lunda Norte: Sinistrados da chuva em Camissombo recebem apoios

    Lucapa - Cento e oitenta e sete famílias afectadas pelas chuvas em Outubro do ano em curso na comuna de Camissombo, município de Lucapa, Lunda Norte, beneficiaram neste sábado de chapas de zinco, bens alimentares e utensílios, para reerguerem suas residências.