Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

25 Setembro de 2020 | 20h00 - Actualizado em 25 Setembro de 2020 | 19h59

Ordem dos Biomédicos entrega cédulas profissionais

Ndalatando - A Ordem dos Biomédicos Clínicos e Laboratoriais de Angola (OBCLA) entregou hoje, sexta-feira, na cidade de Ndalatando, província do Cuanza Norte, carteiras profissionais a 120 membros desta classe.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

As cédulas, que atestam a competência profissional dos biomédicos, no exercício das suas actividades, foram entregues numa cerimónia orientada pelo bastonário daquela ordem profissional, Joaquim Levita, que apelou aos membros da organização a um comprometimento à causa humana, fundamentalmente, nesta fase de combate à pandemia da Covid-19.

O responsável salientou que a biomédica constitui o suporte da medicina e os seus profissionais encabeçam as acções de prevenção, diagnóstico e confirmação de doenças, bem como de avaliação do sistema imunológico dos pacientes.

Defendeu, por isso, que os integrantes desta especialidade devem possuir as qualificações necessárias, assim como um sentido humanista e patriótico elevado para no exercício das suas funções.

O bastonário advogou também a necessidade de um maior investimento em equipamentos biomédicos, para evitar o empirismo no exercício da profissão, bem como para permitir o diagnóstico rápido e com precisão de doenças, visando o tratamento correcto das mesmas.

Referiu que os tempos mudaram, anteriormente a medicina baseava-se nos sinais e sintomas, mas actualmente os mesmos sintomas podem manifestar-se em diferentes doenças, daí a necessidade de se apostar mais na biomedicina.

“A única forma para confirmar e termos a prescrição médica e medicamentosa de uma doença é justamente termos esse suporte nuclear”, sustentou.

Constituída em Dezembro de 2019, a Ordem dos Biomédicos Clínicos Laboratoriais de Angola controla cerca de 200 membros, dos cerca de dois mil profissionais formados no país, desde 2008, com a implementação dos cursos das Ciências Biomédicas, Clínicas e Laboratoriais.

O acto, que marcou o arranque no país do processo de outorga de cédulas profissionais aos biomédicos clínicos e laboratoriais de Angola, foi assistido pela vice-governadora provincial para o sector Político, Social e Económico do Cuanza Norte, Leonor Lima, além de docentes e profissionais da saúde.

Leia também
  • 14/09/2020 17:47:47

    Covid-19: Bispo defende testagem nas zonas fronteiriças

    Mbanza Kongo - O bispo da diocese de Mbanza Kongo, província do Zaire, Dom Vicente Carlos Kiaziku, solicitou esta segunda-feira, às autoridades sanitárias o desenvolvimento de acções de testagem da Covid-19 em massa junto da população residente ao longo da fronteira com a República Democrática do Congo(RDC).

  • 10/09/2020 19:54:31

    Erros médicos passam a ter cobertura da ENSA

    Luanda - Um acordo entre a Ordem dos Médicos de Angola e a ENSA - Seguros de Angola foi formalizado esta quinta-feira, em Luanda, tendo como foco garantir a cobertura de erros cometidos no exercício da profissão.

  • 10/09/2020 16:37:25

    Covid-19: Vendedores aplaudem aumento de dias de vendas

    Mbanza Kongo - O anúncio do aumento do período de vendas nos mercados informais do país, de três para cinco dias semanais, foi recebido com satisfação pelos vendedores dos mercados de Mbanza Kongo, província do Zaire, que antevêem mais rendimentos.