Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

13 Julho de 2020 | 17h42 - Actualizado em 13 Julho de 2020 | 17h48

Mortes por malária aumentam no município do Ecunha

Ecunha - O número de mortes por malária no município da Ecunha (Huambo) aumentou, nos últimos seis meses, para 25 casos, comparativamente a igual período anterior de 2019, onde se registaram oito, o que está a deixar preocupadas as autoridades sanitárias locais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada hoje, segunda-feira, à ANGOP, pelo director da Saúde nesta municipalidade, Eurico Canjonjo, salientando que, entre Janeiro a Junho deste ano, foram diagnosticados 14 mil e 19 casos desta doença, transmitida pela picada do mosquito, quando em 2019 os dados apontavam para 13.648 doentes.

Trata-se, segundo o responsável, de uma situação bastante preocupante, tendo em conta o acrescimento vertiginoso dos casos de óbito (mais de 17), cuja inversão do quadro implicará, nos próximos seis meses, a adopção de novos métodos de prevenção.

Por isso, Eurico Canjonjo informou que as autoridades sanitárias locais vão intensificar as campanhas de sensibilização da população sobre a importância do uso correcto do mosqueteiro impregnado com insecticida, além da eliminação dos principais focos de reprodução do mosquito dentro e fora dos quintais.

O responsável disse que as autoridades sanitárias locais deverão, também, engajar-se na intensificação das campanhas de fumigação intra e extra domiciliar, assim como o combate anti-larval, para eliminar o agente transmissor da malária, numa acção que contará com o envolvimento das autoridades tradicionais, entidades religiosas e outros parceiros.

Outra medida, de acordo com o director da Saúde no Ecunha, deverá consistir na realização de campanha de fumigação conjunta com os municípios limítrofes: Caála, Londuimbali, Huambo e Ucuma, para a redução, de forma simultânea, dos focos de reprodução do mosquito.

Nas suas declarações, disse ser fundamental a abertura de uma nova fase de distribuição de mosquiteiros, impregnados com insecticidas de longa duração, além do melhoramento do saneamento básico, com envolvimento mais activo de todas as forças vivas do município do Ecunha, cuja vila municipal situa-se a 42 quilómetros da cidade do Huambo.

“Estamos a trabalhar em várias direcções metodológicas de saúde  para combater a malária no município, com a realização frequente  de ciclos de palestras sobre os riscos  e prevenção desta doença, por via de acções simples”, enfatizou.

Com uma extensão territorial de mil e 677 quilómetros quadros, o município do Ecunha, cujo nome significa “caroço”, em língua nacional Umbundo, conta com uma população estimada em 97 mil e 648 habitantes, distribuídos pelas comunas sede e do Quipeio, subdividas em 24 bairros e 164 aldeias.

Localizada a 42 quilómetros da cidade do Huambo, esta municipalidade, então Vila Flor na época colonial, é a primeiro no país no que toca à produção de batata-rena por irrigação, feito que lhe valeu, até aos dias de hoje, o título de “Capital e Rainha da Batata-rena” em Angola, por ter um ciclo de produção deste tubérculo ao longo do ano.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 10/07/2020 15:17:04

    Huambo tem 15 crianças com problemas de poliomielite

    Huambo - A província do Huambo diagnosticou, durante o primeiro semestre do ano em curso, 15 casos de crianças com poliomielite, doença responsável pela paralisia infantil, informou hoje, sexta-feira, o director do Gabinete local da Saúde, Lucas António Nhamba.

  • 09/07/2020 10:24:11

    Doenças respiratórias matam 75 crianças na Caála

    Caála - Setenta e cinco menores de 15 anos morreram, nos primeiros seis meses deste ano, no Hospital Municipal da Caála (Huambo), vítimas de doenças respiratórias agudas, quando, em igual período de 2019, o número foi de 48 óbitos.

  • 08/07/2020 18:14:25

    Lotti Nolika reitera importância das acções de moralização da sociedade

    Huambo - A governadora da província do Huambo, Lotti Nolika, reiterou hoje, quarta-feira, o apelo sobre a necessidade do reforço das estratégias de moralização da sociedade, com vista a combater à criminalidade, começado pelos que ocorrem nas famílias.