Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

10 Julho de 2020 | 15h17 - Actualizado em 10 Julho de 2020 | 15h43

Huambo tem 15 crianças com problemas de poliomielite

Huambo - A província do Huambo diagnosticou, durante o primeiro semestre do ano em curso, 15 casos de crianças com poliomielite, doença responsável pela paralisia infantil, informou hoje, sexta-feira, o director do Gabinete local da Saúde, Lucas António Nhamba.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cidade do Huambo

Foto: Aurelio Janeiro

O responsável prestou esta informação durante a abertura da campanha provincial de vacinação contra esta doença, com término previsto para o próximo domingo (12), salientando que estes doentes foram identificados nos municípios do Huambo, Caála, Ecunha, Londuimbali e Cachiungo.

Lucas António Nhamba explicou que os petizes contraíram a poliomielite por não terem sido vacinadas nas campanhas anteriores realizadas com o objectivo de evitar que a patologia, que tinha sido considerada erradicada no país em 2011.

Por este facto, adiantou que as autoridades locais, em colaboração com o Ministério da Saúde, decidiram realizar a presente campanha de vacinação nos mesmos municípios, abrangendo perto de 340 mil e 449 menores de cinco anos, para cortar a cadeia de transmissão.

No mesmo capítulo de estratégias de impedimento da propagação da doença, com um nível de infecção bastante elevado, em que se estima que uma criança pode infectar outras 100, avançou que os infectados estão isolados, com o acompanhamento das autoridades sanitárias.

Relativamente à campanha, Lucas António Nhamba disse que e a mesma está a ser realizada em função das falhas registadas nas rondas anteriores, nestes cinco municípios, onde dados da monitoria dos órgãos independentes e de parceiros do Ministério da Saúde apontam que cerca de cinco (5) por cento de crianças não foi vacinada.

Em breves declarações na abertura da campanha, a governadora da província do Huambo, Lotti Nolika, instou os pais e encarregado de educação no sentido de colocarem os menores de cinco anos à disposição dos vacinadores, para o alcance dos objectivos de combate a esta doença.

Todavia, disse ser indispensável a participação das organizações civis, na mobilização da sociedade sobre a importância da vacina, de modo a evitar-se casos recorrentes de rejeição por parte dos progenitores, alegando doutrinas religiosas e culturais.

Segundo Lotti Nolika, que orientou os vacinadores para o cumprimento escrupuloso das medidas de biossegurança para prevenção da covid-19, o Governo da província tudo fará para que a campanha decorra com êxito e, sobretudo, alcance as zonas de difícil acesso, para a cobertura de todos municípios contemplados.

Para esta campanha, foram disponibilizadas 430 mil e 360 doses, que serão ministradas por um total de mil e 137 equipas, compostas, cada um delas, por um mobilizador/vacinador e registador.

A poliomielite é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode afectar crianças e, também, adultos por meio do contacto directo com fezes ou secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e causa paralisia, sendo que apenas uma pessoa pode afectar mais 200 cidadãos.

Com uma extensão territorial de 35.771 quilómetros quadros, a província do Huambo é habitada por dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, distribuídos em 11 municípios.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 09/07/2020 10:24:11

    Doenças respiratórias matam 75 crianças na Caála

    Caála - Setenta e cinco menores de 15 anos morreram, nos primeiros seis meses deste ano, no Hospital Municipal da Caála (Huambo), vítimas de doenças respiratórias agudas, quando, em igual período de 2019, o número foi de 48 óbitos.

  • 08/07/2020 18:14:25

    Lotti Nolika reitera importância das acções de moralização da sociedade

    Huambo - A governadora da província do Huambo, Lotti Nolika, reiterou hoje, quarta-feira, o apelo sobre a necessidade do reforço das estratégias de moralização da sociedade, com vista a combater à criminalidade, começado pelos que ocorrem nas famílias.

  • 07/07/2020 18:12:25

    Governo acusa oposição de aproveitamento político

    Huambo - O Governo da província do Huambo acusou, esta terça-feira, os partidos da oposição de aproveitamento político na questão referente aos resultados do concurso público de ingresso no Ministério da Saúde, realizado nos dias 26 e 28 de Fevereiro deste ano.