Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

23 Junho de 2020 | 13h20 - Actualizado em 23 Junho de 2020 | 14h30

Covid-19: Jovens activistas beneficiam de formação

Luanda - Duzentos e 40 jovens activistas voluntários beneficiarão, durante dois dias, nas instalações da Cidadela Desportiva, em Luanda, de uma formação de formadores sobre prevenção e combate ao novo Coronavírus (SARS-COV-2).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mais de 200 jovens activistas iniciaram hoje formação para formadoes sobre prevenção e combate à covid-19 (arq)

Foto: Kinda kyungu

Em declarações à imprensa hoje, na abertura do ciclo de formação dos activistas voluntários, o chefe de Departamento do Instituto Nacional da Juventude, Adérito Sambo, referiu que a acção formativa congrega jovens de todos os municípios de Luanda.

Sublinhou que a acção formativa visa levar às comunidades informações relativas à covid-19, bem como a necessidade de se cumprir com as medidas de segurança recomendadas pelas autoridades sanitárias nacionais e internacionais.

“Para além de formarem outros activistas, os jovens vão consciencializar as comunidades sobre posturas a adoptar em locais públicos, através de campanha porta-a-porta, com a distribuição de cartilhas e demonstrações práticas sobre as formas de prevenção da covid-19”, disse.

Ao intervir no acto, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, o plano de contingência traçado pelo Estado angolano privilegia a vigilância epidemiológica, laboratorial e sanitária, a gestão de casos, a logística e a comunicação, como primcipais eixos.

“É neste âmbito da comunicação que promovemos em conjunto com o Ministério da Juventude e Desporto, e o Instituto Angolano da Juventude, a formação de activistas, que, por sua vez, vão educar a comunidade sobre a situação da covid-19”, referiu.

Franco Mufinda augura que a difusão de informação venha a possibilitar a maior prevenção por parte da comunidade, uma vez que a mesma terá conhecimentos necessários para enfrentar a situação.

Por sua vez, o secretário de Estado da Juventude, Fernando João, salientou que a formação vai munir os activistas voluntários de conhecimentos que poderão levar às ruas, duas vezes por semana, no sentido de explicar as medidas acertadas de prevenção da covid-19

Observou que o país vive um momento desafiante a nível da saúde pública, urgindo, entretanto, a necessidade de unir sinergias no sentido de se intensificar as campanhas de sensibilização junto das comunidades.

Para a activista Marta João, a acção formativa vem em tempo oportuno e como cidadã angolana sentiu-se na obrigação de emprestar o seu calor em prol de um bem maior.

Nas últimas 24 horas, o país registou mais três casos positivos, entre os quais um óbito. Com estes dados, Angola vê aumentar o número de infectados para 186, dos quais 99 activos, 77 recuperados e 10 óbitos.

Assuntos Formação   Saúde  

Leia também
  • 23/06/2020 13:12:32

    Covid-19: Profissionais da saúde e SIC capacitados

    Huambo - Cinquenta profissionais de saúde dos 11 municípios da província do Huambo, incluindo do Serviço Investigação Criminal (SIC), concluíram, esta terça-feira, uma formação sobre regras de comunicação, manuseio, transladação e enterro de cadáveres vítimas da covid-19.

  • 23/06/2020 02:04:29

    Ministra garante existência de lisura no concurso da Saúde

    Luanda - A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, garantiu, esta segunda-feira, que o recente concurso público para preenchimento de sete mil vagas no sector apurou candidatos com mérito, excelência e competência para a prestação de um serviço de qualidade.

  • 22/06/2020 23:57:11

    Covid-19: INIS reactiva serviços de testagem

    Luanda - A capacidade de testagem laboratorial sobre a Covid-19 no país volta a atingir a cifra diária habitual de pelo menos 600 testes em média, com a reactivação, na próxima terça-feira (23), do Instituto Nacional de Investigação em Saúde (INIS).