Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

26 Maio de 2020 | 23h59 - Actualizado em 26 Maio de 2020 | 23h58

Covid-19: Punicão à vista para contrabandistas da cesta básica

Luanda - Os cidadãos que forem apanhados a transportar, para outros países, via fronteira, bens alimentares que compõem a cesta básica, combustível e outros produtos essenciais básicos proibidos, serão detidos e condenados, adverte a Polícia Nacional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Waldemar José, Porta-Voz das Forças de Defesa e Segurança, adverte: Infractores serão responsabilzados

Foto: Gaspar dos Santos

Ao intervir na conferência de imprensa de actualização sobre a covid-19, nas últimas 24 horas, o porta-voz das forças da Ordem e Segurança, Waldemar José, informou que o transporte da cesta básica está proibido nos termos do Decreto sobre o Estado de  Calamidade Pública.

O sub-comessário advertiu que, apesar do aligeiramento de algumas medidas no quadro da situação de Calamidade Pública em curso, quem transgredir as outras normas estabelecidas será detido e condenado, sumariamente, por crime de desobediência.

“Vamos primar, primeiro, pela via pedagógica. Mas, em caso de resistência do cidadão, seja quem for, será detido e condenado. Não importará a qualidade do transgressor. Todos temos de cumprir”, disse.

Ultimas 24 horas

Segundo o boletim informação sobre a pandemia, nas últimas 24 horas, foi confirmado mais um caso novo de covid-19, elevando os casos para o total de 71 (43 de transmissão local), quatro óbitos, 18 recuperados e 49 activos e estáveis.

CISP

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 56 chamadas, todas relacionadas com pedidos de informação da covid-19.

INIS

Nesse período, o Instituto Nacional de Investigação em Saúde (INIS) processou 8.381 amostras, 71 das quais positivas, 7.579 negativas e 731 em processamento.

O Boletim sanitário dá conta da investigação de 453 casos suspeitos, 1.213 contactos em vigilância. 1.092 pessoas estão em quarentena institucional, enquanto 37 pessoas receberam altas em Luanda, Lunda Norte (05), Cuando Cubango (09), Lunda Sul (03) e Huambo (01).

...

Assuntos Crime   Polícia Nacional  

Leia também
  • 30/03/2020 23:56:59

    Covid-19: CISP regista 21 mil chamadas abusivas

    Luanda - O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu, nas últimas 24 horas, mais de 24 mil chamadas, das quais 21 mil abusivas, segundo o porta-voz das forças de defesa e segurança, comissário Waldemar José.

  • 27/03/2020 17:51:17

    COVID-19: Cidadãos "furam" Estado de Emergência

    Luanda - Várias centenas de cidadãos saíram às ruas em diferentes localidades do país, nesta sexta-feira, dia em que entrou em vigor o Estado de Emergência, decretado pelo Presidente da República, para conter a proliferação do Covid19.

  • 14/02/2020 18:57:41

    SIC prende falsos enfermeiros no Zaire

    Mbanza Kongo- O Serviço de Investigação Criminal (SIC), na província do Zaire, deteve, nesta sexta-feira, em Mbanza Kongo, três cidadãos nacionais que exerciam ilegalmente a profissão de enfermagem.