Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

27 Março de 2020 | 14h41 - Actualizado em 28 Março de 2020 | 14h55

Covid-19: Síntese nacional

Luanda - O número de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus (Covid-19) em Angola subiu de três para quatro, sendo todos cidadãos angolanos provenientes recentemente de Portugal.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

Foto: Nelson Malamba

De acordo com a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, o novo caso positivo é de uma cidadã de 41 anos de idade, regressada a Angola, vinda de Lisboa (Portugal), também sob controlo das autoridades sanitárias.

Quarentena

O número de pessoas em quarentena e suspeitas do Covid-19 em Angola aumentou de 466 para 526 nas últimas 24 horas, fruto das denúncias feitas pelos cidadãos, através do terminal 111.

Até esta quinta-feira, o CISP recebeu mais de 30 chamadas de denúncias de cidadãos provenientes recentemente de países afectados, que deviam estar em quarentena domiciliar, mas não cumpriram.

Sonangol

A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol E.P.) assegurou, nesta quinta-feira, o abastecimento normal de combustíveis líquidos e gasosos, em todo o país.

Em nota chegada à Angop, a petrolífera informa que as bombas de combustível e as lojas de venda de gás doméstico continuarão a funcionar, observando rigorosamente as medidas de segurança recomendadas.

Cruz Vermelha

A Cruz Vermelha de Angola (CVA) colocou à disposição do Ministério da Saúde 10 mil voluntários a nível nacional e três postos de avanço de saúde, em Luanda, com o fim de se solidarizar com os esforços do Executivo na contenção da Covid-19.

Em nota, a CVA refere que em obediência as orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS),  dos 10 mil voluntários, quatro mil vivem em Luanda e farão as campanhas massivas de mobilização, sensibilização e controlo epidemiológico na capital angolana.

Banco Mundial

O Banco Mundial disponibilizou 15 milhões de dólares norte-americanos para apoiar os esforços do Governo angolano no combate ao novo Coronavírus (COVID-19), informou nesta quinta-feira, o representante residente do Banco Mundial (BM), Oliver Lambert.

Em declarações à Angop, o representante avançou que o valor monetáriao vai ajudar as autoridades nas medidas de prevenção da pandemia, aquisição de equipamentos de laboratórios e materiais de segurança e higiene.

Ajuda

Angola beneficiou esta quinta-feira (dia 26) de um kit composto por 100 mil máscaras, 20 mil testes de Covid-19 e mil fatos de protecção individual de biossegurança do nível três.

Os materiais, provenientes da China, foram entregues pelas fundações Jack Ma e Alibaba, para aumentar 20 vezes mais a capacidade de resposta em termos laboratoriais, afirmou o secretário de Estado para Saúde Pública, Franco Mufinda.

Luanda

Uma campanha de sensibilização dos taxistas sobre as medidas de prevenção contra a pandemia do Coronavírus decorreu no município do Kilamba Kiaxi, em Luanda.

A manifestação aconteceu na via pública, visando educar também mototaxistas, numa iniciativa da Direcção provincial de Tráfego e Mobilidade, em colaboração com a Saúde local.

Namibe

O governo da província do Namibe vai, nos próximos dias, adquirir meios de transportes para os efectivos da Polícia Nacional destacados nas zonas fronteiras (no limite com a República da Namíbia).  

Segundo o governador Archer Mangueira há necessidade da aquisição de meios de transportes próprios para a zona desértica e de difícil acesso para os efectivos da guarda fronteira e técnicos da Saúde.

Lunda Norte

A cidade do Dundo registou agitaçã nas principais superfícies comerciais, um cenário pouco habitual, se calhar, devido as medidas de precaução que estão a ser tomadas pelas famílias para ultrapassar, com alguma tranquilidade, o período de Estado de Emergência.

Os preços dos bens de primeira necessidade e outros no mercado, tanto formal como paralelo, também registaram ligeiras subidas, sobretudo alimentos, gás butano e kits de higiene, com realce para o sabão azul.

Noutra perspectiva, o governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, desmentiu informações postas a circular nas redes sociais sobre dois possíveis casos positivos do Coronavírus (Covid-19) nesta circunscrição.

Zaire

Numa altura em que os casos de pandemia de Covid-19 se encontram ainda confinados na capital do país alguns munícipes de Mbanza Kongo consideraram acertada a declaração de Estado de Emergência Nacional.

Indagados nesta quinta-feira pela Angop, afirmaram que apesar dos constrangimentos que essa medida poderá criar, nos próximos dias, vale a pena prevenir-se cedo do que tarde.

Por outro lado, o governador Pedro Makita Armando Júlia manifestou-se preocupado com a pouca informação sobre a pandemia, no seio da população residente em zonas fronteiriças RDC.

Moxico

 Duzentos e quarenta profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e pessoal de limpeza dos centros hospitalares serão formados para responderem a possíveis casos de COVID – 19 que forem registados.  

Em declarações à Angop, o director do gabinete municipal da saúde, Carlos dos Santos Paulo, disse que a acção formativa de cinco dias, visando capacitar o pessoal para filtrar prováveis casos de doença.

Cuanza Sul

Quinze cidadãos com idades entre os 30 e 50 anos, vindos de Portugal, Índia, Brasil e África do Sul, há uma semana, estão em quarentena domiciliar nos municípios do Sumbe, Cela e Quibla.

Deste grupo, dez encontram-se no município do Sumbe, três na Quibala e Cela com dois, todos em estado estável, aventando-se a possibilidade de estarem livres a partir da próxima semana.

Bengo

A directora provincial da Saúde do Bengo, Victória Cambuanda, revelou que dois dos cinco viajantes provenientes do estrangeiro e que se encontram na província do Bengo já saíram da quarentena.

Os mesmos não apresentaram quaisquer sintomas e cumpriram o tempo determinado pelas autoridades sanitárias, que continuam a monitorar os três viajantes em quarentena institucional.

Cunene

O número de cidadãos em quarentena em Ondjiva aumentou, nas últimas 24 horas, de quatro para 79 indivíduos, provenientes de Portugal, da República da Namíbia e África do Sul.

O aumento deve-se essencialmete à entrada na tarde de terça-feira (24), através da fronteira em Santa-Clara, de 75 cidadãos nacionais vindos da República da Namíbia e da África do Sul.

Por outro lado, a caixa de quatro barras de sabão azul nos estabelecimentos comercias de Ondjiva passou nos últimos dias, a ser vendida a 4.400 Kwanzas, contra os anteriores 3.900 Kwanzas, por causa da procura dos cidadãos.

Atento à situação o director do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) no Cunene, Bernardo Hilundilwa, referiu que a subida dos preços não deve ser arbitrária.

Huila

Apesar das restrições que momento de isolamento social impõe, dado ao momento epidemiológico que o país vive, a cidade do Lubango, capital da Huíla, teve nesta quinta-feira uma agitação fora do comum.

O dia foi caracterizado por correria às compras, ignorando-se todos os cuidados e distanciamento entre as pessoas recomendado pelas autoridades, por força da declaração de Estado de Emergência.

No Lubango, a pediatria Pioneiro Zeca e o hospital central António Agostinho Neto foram reforçados com dois aparelhos ventiladores, tendo com conta a pandemias.

Namibe

Mais de trinta técnicos de Saúde dos cinco municipios participam, durante três dias, numa formação sobre vigilância epidemiologica, no quadro do programa do Plano de Contigência Nacional sobre prevenção do Covid-19.

Na sessão, os formandos abordaram questões relacionadas com os primeiros socorros de possiveis casos do novo Coronavirus e o manuseio e utilização dos meios de biossegurança.

Também no Namibe, oito portugueses estão a cumprir quarentena domiciliar na cidade de Moçâmedes, em prevenção a doença, informou o comandante da Policia Nacional, comissário; Sebastião Mendes.

Leia também
  • 28/03/2020 14:04:31

    COVID-19: Moçâmedes com movimento reduzido nas ruas

    Moçâmedes- As ruas do município sede de Moçâmedes, província do Namibe, registam, no segundo dia do estado de emergência, um reduzido movimento de cidadãos.

  • 28/03/2020 13:52:04

    Hemoterapia de Malanje beneficia de bolsas de sangue

    Malanje - Cinquenta bolsas de sangue foram doadas hoje, sábado, a Hemoterapia do Hospital Regional de Malanje, numa iniciativa da Brigada Jovens Solidários (BJS), para reduzir a escassez do líquido naquela unidade.

  • 28/03/2020 13:11:26

    COVID-19: Polícia impede entrada ilegal de 19 cidadãos da RDC

    Caxito - A Polícia Nacional na província do Bengo deteve na sexta-feira 19 cidadãos da República Democrática do Congo(RDC) na localidade do Tuzolana, município do Ambriz, por entrada ilegal no país.

  • 28/03/2020 13:00:29

    Covid-19: Ministério da Saúde capacita técnicos

    Mbanza Kongo - Cento e cinco profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos de laboratório participaram na sexta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, numa acção formativa sobre o Covid-19, promovida pelo Ministério da Saúde.