Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

19 Março de 2020 | 21h15 - Actualizado em 19 Março de 2020 | 21h15

Covid-19: Instalado primeiro posto fixo de controlo no Huambo

Huambo - Um posto fixo de controlo ao Covid-19 (novo coronavírus) foi instalado esta quinta-feira, na estação principal do Caminho-de-Ferro de Benguela (CFB), na cidade do Huambo, pelas autoridades do planalto central, para prevenir o risco de contágio desta pandemia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

No posto permanente, cuja abertura foi testemunhada pela governadora local, Joana Lina, foram testados no princípio desta noite um total de 744 passageiros do CFB, entre crianças e adultos, que desembarcaram nesta cidade idos das províncias do Bié e do Moxico.

Na ocasião, a governadora Joana Lina pediu aos técnicos de saúde no sentido de seguirem as orientações dos órgãos oficiais do Estado, com destaque para o Ministério da Saúde, ajudando na disseminação de informações credíveis sobre as medidas de prevenção aos passageiros que utilizam a linha do CFB.

Segundo a governante, a pandemia infectou, até ao momento, mais de 200 mil pessoas no mundo, destes mais de oito mil e 200 perderam a vida, daí a necessidade de cada um cuidar mais da sua saúde.

Referiu que a instalação de um posto fixo de controlo visa, sobretudo, prevenir a população do contágio desta pandemia.

No entanto, Joana Lina tranquilizou a população e, ao mesmo tempo, pediu que tenha maior cautela no contacto com cidadãos nacionais e estrangeiros provenientes de países infectados, acatando, deste modo, as medidas de prevenção: a lavagem das mãos, os locais para onde dirigir-se em caso de febre e outras medidas para a defesa da saúde pública.

Por sua vez, o director local do Gabinete de Saúde, Lucas Nhamba, disse que a criação deste posto faz parte das medidas de prevenção e monitoramento do Covid-19 aos passageiros idos das províncias de Benguela, Bié e Moxico, via CFB, que, por sua vez, tem uma dimensão internacional.

Informou que, nesta altura, a província tem o controlo de dois cidadãos portugueses, que chegaram na quarta-feira (18) a esta região, sem indícios da pandemia, porém, aconselhados a permanecer em quarentena domiciliar, numa altura em que estão em curso trabalhos para criação de um centro de acolhimento.

A OMS chama ao novo coronavírus "inimigo da Humanidade”, quando mais de 8.000 pessoas já morreram no mundo devido a este vírus, detectado inicialmente na China, em Dezembro de 2019.

O Sistema de Saúde da província do Huambo, habitado por dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, distribuídos em 11 municípios, conta com 248 médicos, três mil e 639 enfermeiros, 467 técnicos de diagnósticos e terapeuta, assim como 825 administrativos, além de outros profissionais indispensáveis para o seu normal funcionamento.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também