Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

15 Novembro de 2019 | 09h25 - Actualizado em 15 Novembro de 2019 | 16h19

Casos de diabetes reduzem no Huambo

Huambo - O número de pacientes com diabetes reduziu no Hospital Geral do Huambo, de forma significativa, segundo o diagnóstico feito com 102 novos casos, de Janeiro a Outubro deste ano, em relação aos 225 pacientes do mesmo período de 2018, soube esta sexta-feira a ANGOP de fonte institucional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo uma nota da maior unidade hospitalar da província, este diagnóstico foi feito pelo departamento de Endocrinologia num processo que inclui mil e 449 consultas contra mil e 224 realizadas em 2018.

Em 2019, pelo menos quatro pessoas morreram vítimas da doença, enquanto outras 52 faleceram, em 2018.

Com base no documento, esta redução deveu-se à intensificação das campanhas de sensibilização sobre os métodos de prevenção da doença, além de incentivar os cidadãos sobre a importância do exame precoce de glicemia.

Em Angola, quase seis (6) por cento da população em Angola, num universo de 25 milhões de habitantes, sofre de diabetes, apontam dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O Dia Mundial de Combate as Diabetes foi assinalado na última quinta-feira (14). A efeméride é definida pela Federação Internacional contra as Diabetes (IDF), entidade vinculada à Organização Mundial da Saúde (OMS).

A data é comemorada, anualmente, com o objectivo de se aumentar forma de prevenção da doença, pesquisar novas formas de tratamento e do aumento de casos.

Conselhos médicos

De acordo com a nota, os cidadãos devem procurar por orientação médica urgente quando tiverem os seguintes sintomas: fome intensa e constante, vontade frequente de beber água e de urinar, rápida perda do peso, cansaço inexplicável, cicatrização lenta das feridas, infecções frequentes, visão embaraçada e falta de concentração.

Como medidas preventivas, o médico Jóia Manuel aconselha à população a evitar o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, comidas gordurosas e sedentarismo, optando pela prática regular de exercícios físicos, como forma de prevenir esta doença mortífera.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 14/11/2019 13:44:08

    Vice-decano defende maior valorização dos médicos veterinários

    Huambo - O vice-decano para os assuntos Académico da Faculdade de Medicina Veterinária (FMV) da Universidade José Eduardo dos Santos, José Manuel Moras Cordeiro, defendeu esta quinta-feira, no Huambo, uma maior valorização dos médicos veterinários, enquanto garantes indispensáveis da segurança e saúde pública.

  • 26/10/2019 17:40:57

    Conferência recomenda divulgação dos métodos de prevenção do cancro

    Huambo - Os participantes na I Conferência província sobre o Cancro, na cidade do Huambo, província com o mesmo nome, recomendaram hoje, sábado, o reforço das campanhas de divulgação sobre os métodos de prevenção e diagnóstico precoce das doenças cancerosas.

  • 25/10/2019 12:07:30

    Doentes com cancro recusam transferências para IACC

    Huambo - Muitos doentes com cancro, residentes na província do Huambo, se recusam a ser transferidos para tratamento no Instituto Angolano de Controlo do Cancro (IACC), em Luanda, alegando questões de logística e de acomodação dos acompanhantes.