Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

29 Outubro de 2020 | 08h36 - Actualizado em 29 Outubro de 2020 | 08h35

Ministro Téte António desloca-se ao Congo Brazzaville

Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Téte António, deslocou-se, esta quinta-feira, ao Congo Brazzaville.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministro das relações exteriores,Téte António

Foto: Pedro Parente

Segundo uma nota de imprensa a que a ANGOP teve acesso, Téte António é portador de uma mensagem do Presidente da República, João Lourenço, ao seu homólogo Denis Sassou Nguesso.

Téte António deverá ser recebido, ainda nesta quinta-feira, em audiência, pelo Presidente da República do Congo.

Angola e Congo são membros da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), da Comissão do Golfo da Guiné (CGG), da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), entre outras.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 28/10/2020 21:51:04

    MPLA consternado pela morte do nacionalista Horácio Brás

    Luanda- O Bureau Político do Comité Central do MPLA manifestou, nesta quarta-feira, consternação pela morte do nacionalista Horário Pereira Brás, ocorrido na passada terça-feira, 27, vítima de doença.

  • 28/10/2020 17:09:31

    Proposta do OGE 2021 segue para o Parlamento

    Luanda - A proposta de Lei do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2021, com receitas e despesas estimadas em 14 biliões, 114 mil milhões, 808 milhões, 902 mil e 438 kwanzas, segue para a Assembleia Nacional (AN), após apreciação pelo Conselho de Ministros, esta quarta-feira.

  • 27/10/2020 23:42:29

    JMPLA condena intolerância nas redes sociais

    Luanda - O Secretariado Nacional da JMPLA condenou, nesta terça-feira, as manifestações de intolerância política, sobretudo nas redes sociais, contra os seus militantes, simpatizantes, amigos e outros actores da sociedade, por expressarem opiniões e entendimentos diferentes.