Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

07 Agosto de 2020 | 19h41 - Actualizado em 08 Agosto de 2020 | 10h37

Angola reafirma aposta na Zona de Comércio Livre africana

Luanda - Angola reiterou esta sexta-feira, na sede da União Africana (UA), em Addis-Abeba (Etiópia), o seu engajamento em contribuir para a materialização da Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA), cujo processo de ratificação do acordo 'está numa fase avançada'.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Representante Permanente de Angola junto da União Afriacana ( à dir:), Francisco da Cruz, recebido em audiência pelo Secretário-Geral da ZCLCA, Wamkele Mene, na capital da Etiópia, Addis-Abeba

Foto: Foto cedida

 A posição foi reafirmada pelo Representante Permanente de Angola junto da UA e na Comissão Económica das Nações Unidas para África (Uneca), Francisco da Cruz, ao ser recebido, em audiência, pelo Secretário-Geral da ZCLCA, Wamkele Mene, na capital etiópe.

O diplomata recordou que o Presidente de Angola, João Lourenço, esteve entre os primeiros líderes africanos a assinar o acordo, no quadro da 10ª Cimeira Extraordinária da União Africana, a 21 de Março de 2018, no Ruanda, consagrada ao lançamento formal da ZCLCA.

O embaixador Francisco da Cruz reagia ao desejo manifestado pelo secretário-geral da ZCLCA, Wankele Mene, sobre a importância de Angola ratificar o referido acordo, antes da Sessão Extraordinária da Assembleia de Chefes de Estado e de Governo da UA prevista para 5 de Dezembro, na África do Sul.

Esta cimeira vai analisar o progresso registado na criação da ZCLCA, que consta de entre os projectos emblemáticos da Agenda 2063 da UA.

Saliente-se que os deputados à Assembleia Nacional votaram em Abril, por unanimidade, o Projecto de Resolução para Ratificação do acordo que cria a ZCLCA.

Vinte e oito estados do continente já ratificaram o documento, o que permitiu a sua entrada em vigor. A ZCLCA visa criar um único mercado continental de bens e serviços, estabelecer a livre circulação de pessoas e abrir a via para a aceleração de uma união aduaneira em 2022 e de uma comunidade económica africana até 2028.

A audiência concedida ao diplomata angolano, igualmente embaixador na Etiópia, foi também uma oportunidade para este abordar a possibilidade da inserção de quadros angolanos na estrutura do Secretariado da ZCLCA, baseado em Acra, Gana, e que entrará brevemente em funcionamento.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 07/08/2020 18:28:46

    Obra didáctica "Competição política" já nas bancas

    Luanda - A obra didáctica intitulada "Competição política - A guerra pelo poder", de Lutina Santos, contribuição dedicada aos heróis nacionais e estudantes de política, foi lançada, nesta sexta-feira, em Luanda.

  • 05/08/2020 09:16:39

    Juíza defende mais "aulas práticas" para futuros magistrados

    Luanda - A juíza conselheira jubilada do Tribunal Constitucional, Luzia Sebastião, considerou fundamental que a formação dos magistrados, em Angola, tenha uma base mais prática e menos teórica, a fim de permitir que esses profissionais estejam melhor preparados para o trabalho que vão desempenhar.

  • 03/08/2020 13:55:56

    Unita sugere eliminação das assimetrias regionais

    Luanda - A Unita sugeriu, nesta segunda-feira, em Luanda, a eliminação das assimetrias para o desenvolvimento harmonioso e equilibrado das comunidades.