Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

15 Julho de 2020 | 13h16 - Actualizado em 15 Julho de 2020 | 14h04

Mais de 600 diamantes apreendidos no Lucapa

Dundo - Seiscentas e seis pedras de diamantes (por avaliar) e 80 mil kwanzas foram apreendidas no município de Lucapa, província da Lunda Norte, numa operação conjunta entre o Serviço de Investigação Criminal (SIC) e a Polícia Nacional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Diamantes

Foto: Pedro Parente

De acordo com o porta-voz da delegação do Interior na Lunda Norte, Rodrigues Zeca, a apreensão dos diamantes ocorreu durante uma operação num dos postos de controlo policial de Lucapa, quando um cidadão de 53 anos, que se fazia passar por comerciante, tentava deslocar-se com as pedras, na localidade de Ferme/Chicapa, com o objectivo de comercializar os diamantes.

O cidadão, segundo a fonte, já se encontra detido e o seu processo foi encaminhado ao Ministério Público para o devido tratamento. Acrescenta que os diamantes serão entregues à Comissão do Posto Avançado da “Operação Transparência”.

Trata-se da terceira apreensão de diamantes no município de Lucapa, nos dois últimos meses.

Nesse período foram apreendidas 462 pedras de diamantes, dos quais 200 (de 46,8 quilates) estão avaliados em nove milhões de dólares norte-americanos, enquanto os outros 262 estão por se avaliar.

No decurso desta operação, foram também apreendidos 74 mil e 900 dólares norte-americanos, 540 mil 500 kwanzas e 34 mil e 500 dólares norte-americanos (falsos), entre outros meios utilizados para a exploração ilegal de diamantes.

Durante o ano de 2019 foram apreendidas seis mil e 579 pedras de diamantes (por avaliar), 19 viaturas e USD 275 mil.

No mesmo período, as autoridades detiveram 147 mil e 379 cidadãos estrangeiros, sendo 147 mil, seis da República Democrática do Congo e 158 oeste africanos por situação migratória irregular, repatriados aos países de origem.

A Operação Transparência, que em Março de 2019 foi alargada à costa marítima, visa o combate ao tráfico de diamantes e à imigração ilegal.

Leia também
  • 12/07/2020 14:03:50

    Operação Transparência apreende 462 diamantes

    Dundo - As forças de Defesa e Segurança apreenderam, nos últimos dois meses, 462 pedras de diamantes na província da Lunda-Norte, no âmbito da "Operação Transparência".

  • 10/07/2020 20:58:18

    Covid-19: Juiz aconselha cidadãos a cumprir medidas

    Dundo - O juiz presidente do Tribunal Provincial da Lunda Norte, Pinheiro de Castro, aconselhou hoje, sexta-feira, os cidadãos ao cumprimento das normas estabelecidas pelo Estado angolano para conter a propagação da covid-19, evitando julgamentos sumários por desobediência.

  • 10/07/2020 18:33:24

    Covid-19: Repatriados mais de sete mil cidadãos da RDC

    Dundo - Sete mil 471 cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) foram detidos e repatriados para o país de origem, nos últimos dois meses, numa operação conjunta entre a Polícia de Guarda Fronteira (PGF) e o Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), na província da Lunda Norte, por violação da fronteira.