Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

03 Janeiro de 2020 | 17h38 - Actualizado em 03 Janeiro de 2020 | 17h36

Revolta da Baixa de Cassange deve inspirar jovens

Cabinda - A bravura dos heróis da Baixa de Cassange (Malange) deve ser fonte inspiradora para a juventude na busca de uma nação próspera, afirmou, nesta sexta-feira, o governador de Cabinda, Marcos Nhunga.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Governador de Cabinda - Marcos Nhunga

Foto: Kinda Kyungu

Falando à margem de uma palestra sobre “o Massacre da Baixa de Cassange”, no quadro do Dia dos Mártires da Repressão Colonial, que se assinala sábado, Mascos Nhunga disse tratar-se de uma oportunidade de reflexão e inspiradora para os jovens conjugarem esforços na defesa dos interesses da nação.

Ao dissertar sobre o tema, o historiador José Daniel Pemo enalteceu a bravura e o patriotismo dos trabalhadores dos campos de algodão da antiga Cotonang que, ao enfrentarem, a 4 de Janeiro de 1961, o colonialista português, deram exemplo de determinação para a luta de libertação nacional.

Alertou a juventude a seguir o bom exemplo daqueles defensores da angolanidade, com vista a persevarem o espírito nacionalista, a paz, a unidade nacional e o bem-estar social dos angolanos.

A 4 de Janeiro de 1961, os trabalhadores das plantações de algodão da companhia luso-belga Cotonang, na Baixa de Cassange, em Malange, revoltaram-se contra o trabalho escravo, destruindo plantações, pontes e casas, considerando-se o primeiro movimento de contestação ao regime colonial português.

Em resposta ao acto de sublevação, o colonizador português enviou a Força Aérea que bombardeou indiscriminadamente a região, tendo provocado a morte de milhares de cidadãos angolanos.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também
  • 29/12/2019 02:03:42

    Polícia de Guarda Fronteira aprimora combate ao crime

    Cabinda - O fenomeno imigração ilegal e as suas consequências continua a constituir uma das principais preocupações da segurança do país, disse hoje, sábado, em Cabinda, o segundo comandante nacional da Policia de Guarda Fronteira, David da Silva Cabaça.

  • 17/12/2019 17:22:59

    FAA destaca participação do Exército em missões de paz

    Cabinda - A participação de efectivos do Exército nacional em missões de manutenção da paz e segurança, no quadro das organizações continentais e internacionais das quais Angola faz parte, mereceu, nesta terça-feira, uma referência do Chefe do Estado Maior Adjunto das Forças Armadas Angolanas (FAA) para Educação Patriótica, João António Santana "Lungu".

  • 16/12/2019 18:53:42

    Governador realça plano de reconciliação

    Moçâmedes - O governador da província do Namibe, Acher Mangueira, reconheceu nesta segunda-feira, a importância de apaziguar os espíritos e ultrapassar as mágoas que, eventualmente, ainda persistem entre angolanos, fruto dos conflitos armados registados no país de 11 de Novembro de 1975 a 4 de Abril de 2002.