Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Novembro de 2019 | 14h48 - Actualizado em 11 Novembro de 2019 | 14h47

Zaire: Electrificação destaca-se entre os ganhos da independência

Mbanza Kongo - O governador do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, destacou nesta segunda-feira, em Mbanza Kongo, a interligação da rede eléctrica da região com o sistema nacional, como um dos principais ganhos da independência nacional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Zaire: Governador Provincial, Pedro Makita Armando Júlia

Foto: Pedro Moniz Vidal

O governador que falava à imprensa, por ocasião dos 44 anos da independência nacional, lembrou que as seis sedes municipais da região já beneficiam da energia eléctrica gerada pelas centrais hidroeléctricas do país.

O dirigente destacou, sobretudo, a chegada da energia eléctrica ao município fronteiriço do Nóqui, que até o mês passado servia-se da central hidroeléctrica do Inga, localizada na vizinha região do Congo Central (RDC).

Pedro Makita Júlia realçou que com o fim deste contrato que vigorava desde a época colonial, o país vai poder poupar alguns recursos financeiros que eram pagos às autoridades do Congo Democrática pela  prestação deste serviço.

Referiu-se também ao sector das águas, frisando que, dentro de dias, a cidade de Mbanza Kongo, capital da província, ganhará um moderno e ampliado sistema de tratamento e abastecimento de água potável, erguido no leito do rio Lueji, arredores da urbe.

O governador do Zaire teceu essas considerações à margem de uma palestra subordinada ao tema “Importância histórica da  independência nacional para o povo angolano”, enquadrada nos festejos dos 44 anos da Dipanda que hoje se assinalam.

Para o palestrante e politólogo António Lema Kamalandua, a formação do capital humano é a divisa fundamental para o alcance do almejado desenvolvimento económico e social, sonhado pelos precursores da independência nacional.

Participaram na palestra, membros do governo provincial, representantes das forças de defesa e ordem pública, representantes da sociedade civil, académicos,  entre outros convidados.

Leia também
  • 12/11/2019 13:41:05

    Governador pede mais empenho dos quadros

    Mbanza Kongo - O governador do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, pediu nesta terça-feira, em Mbanza Kongo, mais empenho e dedicação dos quadros na prossecução das acções gizadas em prol da população da região.

  • 11/11/2019 21:00:16

    Angolanos em Portugal festejam dia independência

    Lisboa - Os angolanos residentes em várias cidades de Portugal assinalaram, esta segunda-feira, várias actividades em saudação do 44º aniversário da proclamação da independência de Angola.

  • 11/11/2019 18:28:21

    11 de Novembro: Vice-presidente reafirma atenção aos municípios

    Cuanza Sul - O vice-presidente da República Bornito de Sousa reiterou hoje, no município da Quibala, província do Cuanza Sul, atenção aos municípios com maiores despesas para o sector social, particularmente os serviços de saúde e educação.