Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

16 Novembro de 2019 | 22h38 - Actualizado em 16 Novembro de 2019 | 22h37

PRS defende maior fiscalização aos produtos da cesta básica

Saurimo - O secretário provincial do Partido de Renovação Social (PRS), Eugénio Sacucumbo, defendeu hoje, sábado, em Saurimo (Lunda Sul) maior fiscalização dos preços dos produtos da cesta básica, pelo INADEC, Polícia Económica e outros órgãos afins, para facilitar a compra dos mesmos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O político que falava durante a conferência de imprensa, em alusão as comemorações do 29 aniversário do partido, reforçou que com a institucionalização do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), os comerciantes estão aproveitar-se para aumentar os preços bruscamente, dificultando a vida da população.

Por outro lado manifestou-se preocupado com o estado degradado da estrada nacional 230 que liga Malanje/Saurimo, que tem dificultado a locomoção das viaturas e retardado o desenvolvimento do Leste de Angola.

Eugénio Sacucumbo mostrou-se igualmente agastado com o elevado índice de desemprego dos jovens, o que tem influenciado na realização de manifestações e outros males que em nada abonam a boa convivência entre governados e governantes.

Por este facto, solicitou maior transparência a única indústria de extracção de diamantes, Sociedade Mineira de Catoca, a contratar maior parte da mão-de-obra local em detrimento dos expatriados e jovens provenientes de outras províncias.

“O PRS não é apologista de acções violentas por não ser o melhor caminho para a resolução dos problemas, apelou a juventude a filiarem-se nas estruturas organizadas, para poderem discutir em conjunto e encontrarem as soluções dos problemas, acautelando mortes prematuras, como ocorreu a 30 de Outubro último”, disse.

Instado sobre os desafios futuros, o político disse que um dos quais passa pela revitalização dos comités de acção dos bairros e sectores, encorajando os militantes da base ao topo o cumprimento cabal das orientações baixadas superiormente, bem como a formação de responsáveis que vão assegurar as autarquias de 2020.

As festividades decorrem sob o lema “Confiante para governar Angola”. O PRS foi fundado aos 18 de Novembro em Luanda em 1990 e tem o federalismo como seu projecto político.

Leia também
  • 16/11/2019 18:05:10

    Angola: País vive tempos difíceis que requer disciplina/vice-presidente do MPLA

    Luanda - A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, referiu neste sábado, em Luanda, durante um acto de massas, que o país vive tempos que requerem disciplina, coerência e comprometimento dos militantes e da sociedade.

  • 16/11/2019 15:48:37

    Resenha: Visita do PR ao Vaticano constitui destaque

    Luanda - A visita do Presidente da República, João Lourenço, ao Vaticano e o XIII Congresso da UNITA, que elegeu Adalberto da Costa Júnior novo líder, constituem os destaques do noticiário político durante a semana, que hoje, sábado, termina.

  • 16/11/2019 13:59:24

    PRS destaca condições no hospital dos Luchazes

    Luena - O presidente do Partido de Renovação Social (PRS), Benedito Daniel, mostrou - se hoje, sábado, no Luena, impressionado com a infra - estrutura e as condições de assistência encontradas no Hospital Municipal dos Luchazes, província do Moxico.