Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Novembro de 2019 | 08h59 - Actualizado em 11 Novembro de 2019 | 08h54

Cuando Cubango: Defendida prevervação dos bens públicos

Menongue - A necessidade da preservação dos bens públicos colocados à disposição da população, como escolas, postos se saúde e de fornecimento de energia eléctrica, com vista a suprir as carências existentes e garantir rentabilidade para as gerações vindouras, foi defendida neste domingo, em Menongue, sede capital do Cuando Cubango.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Estas palavras foram expressas pelo administrador de Menongue, Júlio Vidigal, quando presidia ao acto provincial antecipado do 44º aniversário do 11 de Novembro de 1975, data da proclamação da Independência Nacional, em representação do governador do Cuando Cubango, Júlio Bessa.

Disse ser importante que todos habitantes do Cuando Cubango, em particular o seu povo, façam protecção de todas infra-estruturas sociais postos à sua disposição, para servir as futuras gerações e justificar os altos investimentos financeiros que o governo tem estado a efectuar, para a contínua melhoria do bem-estar social.

Júlio Vidigal recordou que muitas são as acções maléficas que têm sido registadas, relacionadas com a vandalização de muitos bens públicos em que o governo deu prioridade para garantir condições aceitáveis para o bem da população, mas que estes nem perduram o tempo útil por causa destas práticas que merecem a sua denúncia sem excepção.

“Queremos realçar a grande necessidade de preservar as infra-estruturas alocadas pelo governo ao serviço das populações, como escolas, furos de água e outros”, referiu, para quem a vandalização de painéis solares, cabos eléctricos e outras que duas ou três pessoas prejudiquem comunidades inteiras devem ser desencorajada e combatida por todos.

Para o responsável, uma outra atenção deverá ser dada à agricultura familiar para que se possa inverter o actual, caracterizado pelo registo de fome severa nas comunidades, no sentido da sua redução, mas que é preciso investir neste sector com a criação, pelas comunidades, de pequenas hortas e lavras e permitir a produção de alimentos para a cesta básica.

A preservação do meio ambiente com acções de plantação de árvores em todos os municípios do Cuando Cubango, bem como o desencorajamento de abate de árvores, queimadas e caça furtiva, tendo em conta as responsabilidades que se impõe para as futuras gerações, foi advogada pelo administrador de Menongue.

Para que estes objectivos sejam alcançados, Júlio Vidigal diz contar com a pronta participação, na acção de sensibilização e mobilização, dos órgãos de comunicação social, entidades eclesiásticas e autoridade tradicionais.

Sobre a data, o administrador disse ser preciso que se faça uma profunda reflexão sobre o que se fez para a preservação da soberania, a unidade nacional, a paz e a reconciliação entre angolanos, como pilares fundamentais para o desenvolvimento económico e social do país.

Recordou que, os angolanos, depois de muitos anos desavindos, a 4 de Abril de 2002 alcançaram a paz, através de assinaturas de acordos para o efeito, dando nova origem a uma nova era, onde o perdão e a reconciliação constituem o principal alvo, para quem os angolanos devem estar cada vez mais unidos para ultrapassar a situação difícil que Angola enfrenta.

Leia também
  • 09/11/2019 16:23:43

    BI da Dipanda beneficia mais de 300 mil crianças

    Menongue - Mais de trezentas mil crianças dos seis aos 17 anos de idade vão beneficiar, até ao final deste mês, no Cuando Cubango, de Assento de Nascimento e de Bilhete de Identidade, de forma gratuita, no âmbito da Campanha Nacional de Registo, denominada "BI da Dipanda".

  • 02/11/2019 19:13:45

    José Katchiungo apresenta linhas de forças no Cuando Cubango

    Menongue- O candidato à presidência da Unita, José Pedro Katchiungo, apresentou, sexta-feira, em Menongue, no Cuando Cubango, aos militantes do partido, as linhas de forças da campanha, em que destaca a defesa e preservação da identidade e ideológica da formação política

  • 02/11/2019 11:01:30

    Diplomata namibiano no Memorial do Cuito Cuanavale

    Menongue - O embaixador da Namíbia em Angola, Patrick Nandago deslocou-se neste sábado, ao município do Cuito Cuanavale (189 quilómetros a leste de Menongue), para visitar o Memorial da Batalha do Cuito Cuanavale, em homenagem ao contributo para a independência do seu país, em 1990