Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

25 Fevereiro de 2020 | 21h34 - Actualizado em 26 Fevereiro de 2020 | 08h19

União Chá de Caxinde vence carnaval/2020

Ndalatando - Com mil e 756 pontos, o grupo União Chá de Caxinde arrebatou nesta terça-feira, o primeiro lugar do desfile central do carnaval da província do Cuanza Norte, edição/2020, após título similar em 2019.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuanza Norte: Grupo União Chá de Caxinde vence edição do carnaval/2020

Foto: Angop (arquivo)

Com mais de 10 anos de existência e sete troféus em edições do carnaval, o grupo União Chá de Caxinde afecto ao município de Cazengo (sede provincial), arrebatou igualmente os prémios de melhor pendão,  rainha e comandante.

Em segundo lugar ficou o grupo “Kuditemo”, do município de Samba-Cajú (com 1.652 pontos),  a quem coube igualmente o prémio de melhor canção, enquanto o grupo “Cruzeiro” do município do Golungo-Alto arrebatou o terceiro lugar (com 1.616 pontos) e o prémio de melhor alegoria.

Aos vencedores da presente edição provincial do carnaval do Cuanza Norte estão reservados os  prémios de 800 para o primeiro classificado, 600 e 500 mil kwanzas para o segundo e terceiro classificados, respectivamente.

No Entrudo que decorreu no largo das escolas da cidade de Ndalatando (capital da província), participaram 10 agremiações afectas aos municípios de Cazengo (sede provincial), Cambambe,  Golungo Alto e Samba-cajú , a par de dois blocos de animação.

A aposta na agricultura, educação, combate à corrupção, apelo à não descriminação e reforço do investimento no sector da saúde, marcaram as mensagens dos grupos que se exibiram no desfile, maioritariamente com as danças varina, cazucuta, semba e quibucula e trajes modernos confeccionados à base de panos africanos.

O evento ficou marcado pela ausência do grupo lendário e mais premiado do carnaval da província “Associados da Camundai”.

Leia também