Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

20 Setembro de 2019 | 23h45 - Actualizado em 20 Setembro de 2019 | 23h45

Ministério da Cultura e Total acertam recuperação de infra-estruturas

Luanda - O Ministério da Cultura e a multinacional francesa Total assinaram, nesta sexta-feira, em Luanda, um acordo para recuperação de infra-estruturas culturais em Angola e o desenvolvimento de projectos na cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Com a assinatura do acordo, a petrolífera francesa passa a ser parceira oficial da Bienal de Luanda e por inerência do Ministério da Cultura, conforme explicou Alexandra Aparício, coordenadora do evento que decorre na capital angolana. 

Este compromisso vai vigorar até 2021, ano em que serão apresentados os resultados dos projectos e novos parceiros para financiar a iniciativa da cultura de paz em África.

O engajamento em desenvolver projectos em Mbanza Kongo tem a ver com o facto de ser Património Mundial há dois anos e visa proporcionar o bem-estar da população local.

Alexandra Aparício escusou-se revelar os demais projectos, mas disse que num futuro breve serão tornados públicos.

Quanto a Total, Olivier Jouny, director da empresa, destacou dois eixos do seu programa de responsabilidade social, nomeadamente juventude/cultura e o património.

A juventude por ser o futuro do país, que engloba organizações, associações, empreendedorismo e desporto, destacando que o sítio de Mbanza Kongo contribui para a promoção cultural de Angola.

Para o responsável da multinacional francesa, a cultura e o património fazem parte da base económica, por isso prevê apoiar uma cooperação com o Palácio de Ferro, em Luanda.

Ainda no âmbito da Bienal de Luanda, foram apresentados selos comemorativos que ilustram e destacam aspectos culturais do país, destacando-se o Museu Nacional de História Militar, Igreja Nossa Senhora dos Remédios –antiga Sé Catedral de Angola e Congo -1665, Marginal de Luanda, Monumento ao Soldado Desconhecido  e Marimbeiros.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 20/09/2019 21:04:06

    Companhia de danca americana mostra-se na Escola Dom Bosco

    Luanda- A companhia de dança americana Step Afrika brindou, nesta sexta-feira, os alunos do complexo escolar Dom Bosco, em Luanda, com momentos de dança.

  • 20/09/2019 20:51:24

    Itália mostra percurso de Leonardo da Vinci na Bienal de Luanda

    Luanda - A Itália recorda 500 anos da morte do pintor e cientista Leonardo da Vinci, com uma exposição documental no Museu Nacional de História Militar, no âmbito da Bienal de Luanda - Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz.

  • 20/09/2019 09:01:02

    Agenda Cultural

    Luanda - O fim-de-semana cultural será preenchido com o Festival de Culturas, cujo encerramento acontece domingo, a partir das 15horas, com um show na Baía de Luanda.