Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

11 Setembro de 2019 | 12h59 - Actualizado em 11 Setembro de 2019 | 18h25

Artistas americanos e europeus em Angola para intercâmbio

Luanda - Uma delegação de profissionais e docentes de artes das universidades dos Estados Unidos da América, Perú, Israel e Polónia chegou, na manhã desta quarta-feira, em Luanda, para trocar experiência com artistas nacionais, no âmbito do projecto ? Ponte de Arte?.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em Angola, além da interacção com fazedores das múltiplas disciplinas artísticas, o grupo vai visitar a “Fundação Arte e Cultura”, os ateliers de arte e galerias “Guilherme Mampuya”, “Patrício Mawetw”, “ElA”, “Tamar Golan”, do Banco Económico e o “Centro Camões”.

Segundo apurou a Angop, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, os seis artistas estrangeiros (incluindo pintores e curadores) vão também recrear com meninos de rua e partilhar técnicas, de  11 a 20 do corrente mês, com os docentes do Instituto Superior de Artes (ISART).

Em entrevista, o porta-voz da Fundação Arte e Cultura, Camilo Lemos,  disse que a  iniciativa decorre no âmbito do projecto “Ponte de Arte”, visando a identificação de temas para defesas de final de cursos, relacionados com a realidade artístico-cultural angolana e vice-versa.

“O  projecto Ponte de Arte propõe-se também em criar uma conexão entre os profissionais dos referidos países e estimular a internacionalização dos angolanos, assegurando a valorização das artes nacionais e dos seus fazedores”, salientou Camilo Lemos.

Criada a 25 de Janeiro de 2006, a Fundação Arte e Cultura tem como missão promover a inclusão social de crianças, jovens e mulheres em situação de vulnerabilidade, através da educação em artes, bem como apoiar a classe artística para o desenvolvimento cultural do país.

A instituição, que surge como parte integrante da fundação internacional de filantropia e investimento de impacto social “Menomadin Foundation”, está sediada na Ilha de Luanda, onde possui um centro cultural gratuito, para o ensino das artes plásticas, piano, guitarra, reciclagem, decoração, corte e costura, informática e percussão.

Assuntos Artes Plásticas  

Leia também
  • 07/09/2019 06:13:18

    Exposição traz proposta para solidariedade

    Luanda - Vinte quadros de pintura estão expostos desde sexta-feira (06), na União Nacional de Artistas Plásticos (UNAP), em Luanda, para mostrar as consequências das escolhas de pessoas e trazer proposta de mudança para um mundo cada vez mais solidário, numa autoria do artista Oliveira Kabassu.

  • 29/08/2019 16:05:55

    Paulo Kussy expõe "Idiossincrasias"

    Luanda - Vinte obras de pinturas e outras vinte de desenho, reunidas numa exposição intitulada "Idiossincrasias", do artista plástico angolano Paulo Kussy, estarão patentes de cinco de Setembro a três de Outubro deste ano, no Instituto Camões, em Luanda.

  • 27/07/2019 18:38:24

    Artista plástica defende maior intervenção cultural no estrangeiro

    Lisboa - A artista plástica angolana Dília Fraguito Samarth, residente em Lisboa, Portugal, disse, este sábado, que o Governo angolano deve intensificar a intervenção cultural na diáspora, por forma a fortificar a imagem de Angola no estrangeiro.