Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

13 Dezembro de 2019 | 18h38 - Actualizado em 13 Dezembro de 2019 | 18h38

Centralidade do Luhongo ganha escola do II Ciclo

Benguela - Um complexo escolar (BG 0045) do II ciclo, com capacidade para três mil alunos, foi inaugurado hoje, sexta-feira, na centralidade do Luhongo, município da Catumbela, província de Benguela, pela ministra da Educação, Ana Paula Tuavanji Elias

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Complexo escolar BG 0045, na centralidade do Luhongo

Foto: Rosário Miranda

O empreendimento tem 27 salas de aulas e sete laboratórios, área administrativa, ginásios, quadras polivalentes e campo de futebol.

Em declarações à imprensa, Ana Paula Elias disse que numa primeira fase haverá aulas no período diurno, mas que há condições para se leccionar também no período da noite.

A ministra disse que o objectivo do governo é construir mais escolas para se acabar com os alunos ainda fora do sistema de ensino, bem como capacitar os professores no sentido de se melhorar a qualidade do ensino.

Por outro lado, Ana Paula Elias confirmou a existência de professores fantasma a nível da província de Benguela, tendo sido já tomadas medidas, com apoio do governo local, para se resolver esse problema.

“Aqueles professores que se encontravam nesta situação foram retirados do sistema de forma a abrirem vagas para que possamos enquadrar novos professores, não só em Benguela, mas a nível nacional”, frisou.

Explicou que o objectivo do governo é acabar com estas más práticas, porque existem localidades em que há professores nas folhas de salário e nos livros do ponto, mas não aparecem nas salas de aulas.

Em relação às infra-estruturas de apoio, a centralidade do Luhongo conta com um jardim infantil para 100 crianças, uma escola primária para 810 alunos, uma escola secundária para 1.080 alunos e um centro de saúde com 58 camas.

Foram igualmente construídas infra-estruturas como Estação de Bombagem e Reservatório de Água, Estação de Recolha de Resíduos Sólidos, Posto de Seccionamento de Energia. Foi também instalada uma antena de internet banda larga.

Leia também
  • 27/11/2019 20:38:43

    Repartições da Educação recebem kits de primeiros socorros

    Benguela - Vinte embalagens de primeiros socorros foram entregues esta quarta-feira, nesta cidade, às dez repartições municipais da Educação da província de Benguela, visando intervirem em casos de acidentes nos recintos escolares.

  • 27/11/2019 19:24:50

    Instituto Médio Politécnico do Lobito ajuda finalistas a encontrar primeiro emprego

    Lobito - O Instituto Médio Politécnico do Lobito, em Benguela, pretende ajudar mais de 80 porcento dos 356 alunos finalistas deste ano lectivo a encontrar o primeiro emprego no mercado de trabalho, afirmou hoje, quarta-feira, o seu director, Edmundo Salupula.

  • 25/11/2019 16:23:46

    Directores escolares em acção formativa sobre primeiros socorros

    Benguela - Noventa directores e coordenadores das actividades extra-escolares das escolas do 1º ciclo e do ensino primário dos dez municípios da província de Benguela estão, desde hoje, segunda-feira, a aprimorar conhecimentos sobre primeiros socorros, ambiente e higiene pessoal, visando prevenir os acidentes no recinto escolar.