Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

28 Março de 2018 | 16h51 - Actualizado em 28 Março de 2018 | 16h51

Académico defende formação contínua de quadros

Lubango - A necessidade de melhorar a formação dos recursos humanos em qualidade e quantidade para atender a actual demanda e as exigências de ter-se profissionais capacitados a médio e longo prazo foi defendida hoje, quarta-feira, no Lubango, pelo vice-reitor para a Administração e Gestão da Universidade Mandume Ya Ndemufayo (UMN), Sebastião António.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Instituto Superior Politécnico da Huíla

Foto: Morais Silva

O académico, que falava na abertura da segunda edição da conferência de Ciências da Computação, tendências e paradigmas, promovida pelo Instituto Superior Politécnico da Huíla (ISPH), em parceria com o ISCED, disse que a interferência da ciência da computação em todas as áreas funcionais das organizações exige a criação de condições para dar continuidade as pesquisas na academia, oferecidas a partir dos cursos de pós-graduação.

Afirmou que as tendências seguem para os modelos, formando profissionais capazes de interferir na construção da sociedade e do conhecimento, através das Tecnologias de Informação Comunicação (TICs), tornando-os aptos de actuar como agentes de mudança nas mais distintas áreas da computação.

“Os profissionais devem suprir as necessidades do mercado empresarial e académico, desenvolvendo processos, sistemas e pesquisas através da utilização do estado da arte em tecnologia e sobretudo garanti-los não só no domínio da técnica, mas de uma visão que permite possuir o livre-trânsito por outras áreas da computação, assim como a necessária compreensão das estruturas, compostas nos tecidos empresariais”, realçou.

Salientou que o profissional do futuro deve ser preparado para actuar nos diversos ramos das TIC, com destaque para os conhecimentos relacionados ao desenvolvimento de sistemas, redes de computadores, banco de dados, multimédia, inteligência artificial, compiladores, sistemas de informação, tecnologia web, pesquisa e gestão de ambientes computacionais. 

Destacou que o estudante provido de conhecimento científico e tecnológico, tem visão prática, crítica, humanística e empresarial, devendo ter condições de aplicar o conhecimento adquirido na solução dos problemas e de adaptar-se profissionalmente numa área, bem como assumir o papel de agente transformador do mercado, através da enunciação de novos paradigmas e agregação de tecnologias.

A conferência de um dia tem por objectivo incentivar e dinamizar a investigação no domínio das ciências da computação, sua aplicação e tendências.

Participam da mesma mais de 100 pessoas, entre investigadores, estudantes, docentes, representantes do governo provincial da Huíla, chefes departamentais do ISPH e do ISCED-Huíla, entre outros.

Durante a actividade estão a ser ministrados comunicações como “ O futuro da inteligência artificial”, “Um modelo baseado em autómatos celulares para a distribuição spatio-temporal de espécies” “Avaliação das características do sangue, utilizando redes neuronais artificiais”, “Avaliação da frequência cardíaca fetal baseada em métricas não lineares”, “Tecnologias de Informação e Comunicação aplicadas a Gestão”, entre outras. 

Leia também
  • 05/02/2019 12:12:29

    Mil e 500 alunos de Quipungo em novas salas de aula

    Quipungo - Mil e 500 alunos começaram, nesta terça-feira, a estudar em condições mais cômodas, no município de Quipungo, com a inauguração, na segunda-feira, de 15 novas salas de aula.

  • 29/01/2019 14:57:40

    Destacada importância da educação pré-escolar

    Humpata - A necessidade de despertar nas famílias e encarregados de educação a importância das crianças frequentarem a educação pré-escolar, em prol do seu desenvolvimento cognitivo e psicomotor, foi defendida hoje, terça-feira, no município da Humpata, pela vice-governadora para o sector Económico, Político e Social da província da Huíla, Maria João Chipalavela.

  • 28/01/2019 16:02:01

    Meliantes roubam móveis de escola na Matala

    Matala - Cidadãos desconhecidos roubaram, no fim-de-semana, carteiras, secretárias, cadeiras, entre outros móveis da escola do ensino primário da localidade do Canongundo, no município da Matala, província da Huíla.

  • 27/01/2019 22:07:16

    JMPLA prepara jovens para ingresso ao ensino superior

    Uíge - Seiscentos e 34 jovens que pretendem ingressar no ensino superior este ano terminaram sábado, na cidade do Uíge, um curso preparatório e de orientação escolar gratuito, promovido pelo secretariado provincial da JMPLA.