Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

30 Setembro de 2020 | 21h24 - Actualizado em 30 Setembro de 2020 | 21h23

BNA avalia riscos do uso do "Blockchain"

Luanda - O governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, disse, nesta quarta-feira, que estão a ser avaliados os riscos do uso da tecnologia de pagamento em dinheiro "criptográfico" conhecido por "Blockchain".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Edifício sede do BNA

Foto: Francisco Miudo

O Blockchian é um tipo de Distribuited Ledger Tecnology (DLT) que usa blocos para registar e armazenar dados sobre transacções que ocorrem, usando o seu sistema, geralmente, associado a criptomoedas como Bitcoin, Ethereum e outros.

José Massano, que foi orador no webinar sobre “ Inclusão Financeira e Globalização” promovido pela Academia de Santa Catarina, justifica a necessidade da protecção, em primeiro lugar, dos clientes e pesquisas em torno dos  benefícios que envolvem  esta  nova  modalidade de troca de moeda.

 “Temos de ver se é uma modalidade aceitável. Estamos na fase embrionária”, admitiu José Massano, garantindo a existência de uma equipa que está a estudar esta modalidade de pagamento com dinheiro criptográfico.

Antes da sua aceitação no mercado nacional, acrescentou, estudos devem ser bem-feitos para analisar esta nova modalidade de pagamento que já vigora em vários países.

O governador do Banco Central defende ainda a criação de um ambiente propício para a inovação, entre as quais regras para a protecção dos visitantes e o público em geral.

Em Outubro de 2019, o Banco Nacional de Angola fez sair pedido de informação (Request for Information) em torno das soluções de Blockchain para o sistema financeiro angolano.

Na qualidade de Regulador do sistema bancário, o BNA procurou por empresas de tecnologias de informação que operaram no mercado nacional, para recolher informações sobre a aplicação da tecnologia Blockchain.

Das empresas, o Banco Central queria ainda que estas fornecessem informações como poderiam contribuir para aumentar a transparência, eficiência e eficácia do mercado financeiro angolano, em torno do Blockchain.

Pesquisas feitas dão conta que o Blockchain possui informação completa sobre endereços e saldos diretamente do bloco génese até ao bloco mais recentemente concluído.

A Bockchain é vista como a principal inovação tecnológica do bitcoin visto que é a prova de todas as transacções na rede.

O seu projecto original tem servido de inspiração para o surgimento de novas criptomoedas e de bancos de dados distribuídos.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 30/09/2020 21:10:22

    Sonangol aposta em centro de investigação científico

    Luanda - A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) tem em agenda, para 2021, o início da construção de um centro de investigação científico e inovação.

  • 30/09/2020 09:54:04

    MINEA avalia projecto AH Baynes

    Luanda - O Ministério da Energia e Águas (MINEA) avaliou, na terça-feira, o grau de implementação e execução das acções do projecto do Aproveitamento Hidroeléctrico Baynes, na província do Cunene.

  • 29/09/2020 08:46:39

    Falhas no SIGFE provocam duplicação de salários

    Luanda - O Ministério das Finanças anunciou hoje, terça-feira, que falhas no Sistema Integrado de Gestão Financeira (SIGFE) provocaram a duplicação no pagamento dos salários referentes ao mês de Setembro, de um número significativo de funcionários públicos.