Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Março de 2020 | 17h43 - Actualizado em 14 Março de 2020 | 17h00

Países membros da CPLP devem diminuir fosso digital

Luanda - O presidente do conselho de administração do Instituto Angolano das Comunicações (Inacom), Leonel Augusto, defendeu hoje, em Luanda, mais interacção entre os técnicos e as universidades da CPLP, de modo a diminuir o fosso digital dos utentes da comunidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeiras dos Países da CPLP

Foto: Francisco Miudo

O responsável, que falava no acto de encerramento do 11º Fórum das Comunicações da CPLP realizado de 12 a 13 deste mês, pediu o envolvimento dos especialistas de cada órgão regulador, das academias e universidades de CPLP para a redução do fosso digital.

A união entre estes entes, acrescentou, vai assegurar a prestação de serviços com elevada qualidade, inovadores e preços acessíveis a todos os utentes.

Por outro lado, a questão ligada ao 5G, a partilha de infra-estrutura, a regulação e a formação permanente dos quadros são os grandes desafios a atingir nos próximos tempo, com vista a melhor prestação de serviços.

Referiu que a educação foi o painel mais longo do fórum, pois foi discutida a questão sobre a melhoria e a redução da exclusão digital, onde cada utente é um participe activo na criação de novos conteúdos, pequenas e médias empresas e conteúdos em línguas regionais, bem como no fomento da cultura de cada país membro da ARCTEL.

Angola assumiu hoje a presidência rotativa da Associação de Reguladores de Comunicações e Telecomunicações da CPLP (ARCTEL), por um período de dois anos.

Organizado pelo INACOM, em parceria com a ARCTEL, o décimo primeiro fórum das comunicações da CPLP serviu, durante dois dias, para a partilha de experiências entre reguladores, operadores, universidades e sociedade civil.


 

Assuntos Telecomunicações  

Leia também
  • 13/03/2020 17:40:57

    Angola assume presidência dos reguladores da CPLP

    Luanda - Angola assume desde hoje (sexta-feira) a presidência rotativa da Associação de Reguladores de Comunicações e Telecomunicações da CPLP (ARCTEL), por um período de dois anos.

  • 12/03/2020 16:04:29

    Fórum das Comunicações debate desafios da regulação

    Luanda - O ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, lançou hoje, em Luanda, o desafio da conclusão da agenda digital da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP) e a diminuição do fosso digital, visando a prestação de serviços com qualidade e a preços mais acessíveis aos cidadãos.

  • 03/03/2020 20:03:48

    ITA quer tornar Angola como referência de serviços na região

    Luanda - A empresa Internet Technologies Angola (ITA) que investiu 10 milhões de dólares em Data Center, pretende tornar Angola, nos próximos tempos, como referência em HUB de dados na África subsariana.