Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

10 Março de 2020 | 19h24 - Actualizado em 10 Março de 2020 | 19h24

BFA conquista prémios de performance da BODIVA

Luanda - O Banco BFA foi reconhecido pela Bolsa de Dívida e Valores de Angola (BODIVA) como o Banco com o maior número de contas sob custódia e maior montante negociado no mercado da dívida pública.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Pelo 3º ano consecutivo, este reconhecimento, feito durante a apresentação do Relatório Anual dos Mercados BODIVA”, resulta do desempenho demonstrado pelo BFA ao longo dos últimos anos e no forte empenho do BFA do desenvolvimento e promoção do mercado da Bolsa.

No ano transacto, 66,6 % das contas da BODIVA estiveram sob custódia no BFA. Este resultado demonstra a liderança incontestável do banco uma vez que a segunda posição obteve um resultado de apenas 17,1%.

Ao nível de montantes negociados, o banco destacou-se pela sua liderança, com AKz 333 mil milhões de montante negociado, o que se traduz quota de mercado de 38,1%, +13,1% face à segunda posição com 25% de quota de mercado.

Durante o encontro, foram assinados acordos de cooperação, com entidades internacionais, que visam facilitar o intercâmbio de informação e serviços que buscam desenvolver o sector de negócio da BODIVA, o Mercado de Valores Mobiliários.

A BODIVA é a entidade gestora, cujas responsabilidades passam por assegurar a transparência, eficiência e segurança das transacções nos mercados regulamentados de valores mobiliários, com o objectivo de estimular a participação de pequenos investidores e a concorrência entre todos os operadores.

Assuntos Banco  

Leia também
  • 09/03/2020 12:50:33

    Estado emite títulos para recapitalizar BPC

    Luanda - O Banco de Poupança e Crédito (BPC), com níveis de necessidade de recapitalização na ordem dos 1,08 mil milhões de Kwanzas, volta a beneficiar de uma "injecção de capital" público, desta vez, com títulos de tesouro da Recredit.

  • 18/02/2020 19:50:39

    BNA nega ter atribuído licença ao Dubank

    Luanda - O Banco Nacional de Angola (BNA) informou hoje (terça-feira) não ter atribuído qualquer licença aos promotores do denominado banco Digital ?Dubank? S.A..

  • 13/02/2020 15:12:55

    Banca avalia projectos de oito empresas agro-pecuárias no Huambo

    Huambo - Projectos de oito empresas do ramo pecuário em actividade na província do Huambo estão sob análise do Banco BAI, no âmbito do Projecto de Apoio ao Crédito (PAC), que visa a concessão de financiamentos para fomentar a produção nacional.