Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

05 Março de 2020 | 19h24 - Actualizado em 06 Março de 2020 | 11h13

Laúca atinge produção de dois mil e 70 megawatts em Outubro

Laúca/Malanje- O Aproveitamento Hidro-eléctrico de Laúca vai atingir, até Outubro deste ano, a sua capacidade máxima de dois mil e 70 megawatts de produção, com a entrada em funcionamento da sexta unidade de produção (334 MW) e da central ecológica (66.5 MW).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Elias Estêvão, director de Laúca

Foto: Agostinho Kilemba

Barragem de Laúca

Foto: Agostinho Kilemba

Actualmente, estão em funcionamento cinco turbinas com 334 megawatts cada, perfazendo um total de mil e 670 megawatts, consumidas pelas províncias de Malanje, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Zaire, Uíge, Bengo, Luanda, Benguela, Huambo, Bié, prevendo-se para breve as interligações das províncias da Huila e Namibe.

A informação foi avançada hoje (quinta-feira) à Angop, pelo director-geral do Aproveitamento Hidro-eléctrico de Laúca, Elias Estêvão, à margem do 10º Conselho Consultivo do Ministério Da Energia e Águas, que decorre no referido empreendimento hidroeléctrico, actualmente o maior do país.

Segundo a fonte, nesta altura estão a finalizar os trabalhos de obra civil da sexta turbina, ao que seguirá os testes para o seu arranque.

 Elias Estêvão precisou que o projecto, a ser concluído em Dezembro deste ano, vai aumentar a disponibilidade de potência e consequentemente elevar o número de consumidores ao nível do país.

Laúca é um investimento do Estado angolano avaliado em 4,5 mil milhões de dólares norte-americanos, cujos trabalhos tiveram início em Abril de 2012, com a assinatura do acto de consignação da obra.

O projecto, que na fase de pico tinha nove mil trabalhadores, conta actualmente com dois mil e 300 colaboradores.

Leia também
  • 06/03/2020 11:48:46

    Transbordo do rio Kwanza limita fornecimento de água em Luanda

    Laúca/Malanje: A capacidade de tratamento e fornecimento de água à província de Luanda tem estado limitada, nos últimos dias, devido ao transbordo do rio Kwanza, resultante das enchentes que causam a turvação da água.

  • 05/03/2020 21:11:18

    Dificuldades de acesso condiciona desenvolvimento do turismo em Malanje

    Malanje - As dificuldades de acesso, aliada a falta de investimentos privados, por conta da degradação das vias de acesso, estão a condicionar o desenvolvimento e exploração de vários pontos turísticos da província de Malnje, como o habitat da Palanca Negra Gigante, no município de Cangandala.

  • 05/03/2020 16:48:17

    Falta de energia e água inviabiliza exploração de projectos económicos

    Lauca/Malanje - Apenas 10 por cento do potencial agrícola, industrial e turístico da província de Malanje é explorado, devido à falta de energia e água da rede pública, declarou nesta quinta-feira o governador provincial, Norberto dos Santos.