Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

06 Março de 2020 | 20h15 - Actualizado em 06 Março de 2020 | 20h14

Facturação da ENDE regista aumento de 32 por cento

Laúca/Malanje - Pelo menos 56 mil milhões de kwanzas é o valor de receitas facturadas pela Empresa Nacional de Electricidade (ENDE) em 2019, representando um aumento de 32 por cento em relação a 2018, informou esta sexta-feira, em Laúca, a Presidente do Conselho de Administração, Ruth Safeca.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

PCA da ENDE, Ruth Safeca

Foto: Agostinho Kilemba

O incremento da receita é resultado da entrada em vigor em Julho de 2019 do novo tarifário do sector eléctrico, do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e do aumento do número de clientes, fruto dos investimentos da linha de crédito da China.

Segundo a gestora, que falava à margem do 10º Conselho Consultivo do Ministério da Energia e Águas (MINEA), que decorre na Barragem de Laúca, não obstante o aumento da receita, houve uma ligeira retracção do nível de pagamento por parte dos clientes, devido ao novo tarifário e perdas comerciais de 17%, uma redução de 34 por cento em relação ao exercício de 2018.

Para 2020, segundo Ruth Safeca, a empresa tem como metas a montagem de 800 mil contadores pré-pagos, no quadro da execução de um projecto financiado pelo BAD (Banco Africano de Desenvolvimento), que prevê cobrir grande parte dos clientes ainda em falta deste dispositivo.

Além da linha do BAD, a ENDE vai fazer recurso a uma outra do Banco Mundial (BM), para o projecto de expansão e reabilitação das redes de distribuição das províncias do Huambo, Benguela e Luanda.

A par destes projectos, recordou que a ENDE tem outros projectos, com destaque para outros a serem financiados com os títulos de dívida soberana Eurobonds.

Alguns desses projectos, referiu, estão paralisados por falta de um enquadramento financeiro, em função do contexto macroeconómico do país.

A reactivação e conclusão destas empreitadas permitirão a ligação de 120 mil clientes.

Por outro lado, Ruth Safeca denunciou a existência de clientes de média tensão (detentores de Postos de Transformação) a consumirem energia de forma clandestina, pelo que está em curso um processo de cadastramento de PT's a partir das subestações, de modo a regular a situação dos mesmos.

Ao nível do país, a ENDE controla sete mil PT's públicos e cinco mil privados.

A empresa terminou o ano de 2019 com um milhão, 689 mil e 943 clientes, um aumento de 14 por cento em relação a 2018.

Do total de clientes registados no ano transacto, 592 mil e 273 clientes estão no regime pré-pago, quando em 2018 eram apenas 365 mil e 707.

O 10º Conselho Consultivo do Ministério da Energia e Águas, aberto quinta-feira e com encerramento previsto para esta noite, está a analisar o quadro legal do tarifário do sector: impactos no quotidiano das empresas e da população, infra-estruturas provinciais do sector da energia e águas.

Também estão em análise as acções realizadas pelo sector em 2019 e as perspectivas para os próximos desafios.

Leia também
  • 06/03/2020 11:48:46

    Transbordo do rio Kwanza limita fornecimento de água em Luanda

    Laúca/Malanje: A capacidade de tratamento e fornecimento de água à província de Luanda tem estado limitada, nos últimos dias, devido ao transbordo do rio Kwanza, resultante das enchentes que causam a turvação da água.

  • 05/03/2020 21:11:18

    Dificuldades de acesso condiciona desenvolvimento do turismo em Malanje

    Malanje - As dificuldades de acesso, aliada a falta de investimentos privados, por conta da degradação das vias de acesso, estão a condicionar o desenvolvimento e exploração de vários pontos turísticos da província de Malnje, como o habitat da Palanca Negra Gigante, no município de Cangandala.

  • 05/03/2020 19:24:41

    Laúca atinge produção de dois mil e 70 megawatts em Outubro

    Laúca/Malanje- O Aproveitamento Hidro-eléctrico de Laúca vai atingir, até Outubro deste ano, a sua capacidade máxima de dois mil e 70 megawatts de produção, com a entrada em funcionamento da sexta unidade de produção (334 MW) e da central ecológica (66.5 MW).