Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

24 Setembro de 2019 | 17h23 - Actualizado em 24 Setembro de 2019 | 17h22

Produção de energia na barragem da Matala reduz 85%

Lubango - A falta de água na albufeira da barragem hidroeléctrica da Matala provocou, nos últimos dois meses, a uma redução do fornecimento de energia eléctrica de 39 megawatts para seis, correspondendo a uma redução de 85% da sua capacidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Wilson Haukelo - responsável da área comercial da ENDE

Foto: José Filipe

Actualmente as províncias da Huíla e Namibe, que partilham o sistema eléctrico, são abastecidas, além da barragem da Matala, pelas centrais térmicas da Arimba (Lubango) que produz 37 megawatts e a do Namibe ajuda com 19.

Na Huíla há uma necessidade de mais de 150 megawatts, segundo o chefe de Departamento Comercial da Empresa Nacional de Electricidade (ENDE), Wilsom Haukelo, que falava hoje à Angop.

Disse que a quantidade de eneregia disponível é insuficiente para garantir o fornecimento regular às províncias da Huíla e Namibe.

Sublinhou que enquanto durar o processo de recuperação da capacidade de produção da barragem da Matala, com o enchimento da albufera de barragem da Matala (com chuvas), os cidadãos vão contunar a observar restrições no fornecimento.

Na Huíla, a ENDE conta com mais de 75 mil clientes cadastrados, uma província com mais de dois milhões de habitantes, metade dos quais na sua capital, Lubango.

Leia também
  • 23/09/2019 19:34:45

    Canal de irrigação beneficia mais de dois mil agricultores

    Caluquembe - A reabilitação do canal de irrigação da comuna de Vila Branca, no município de Caluquembe (Huíla), permite, actualmente, irrigar um perímetro de 400 hectares, em benefício de sete associações de camponeses, que congregam 2 mil e 500 agricultores.

  • 21/09/2019 13:02:48

    Mais de 600 investidores no fórum "Invest Huíla"

    Lubango - Seiscentas empresas nacionais e estrangeiras confirmaram a sua participação na segunda edição do Fórum Empresarial de Investimentos e Negócios da Huíla, o "Invest Huíla", a decorrer de 16 e 17 de Outubro, no Lubango.

  • 11/09/2019 18:27:19

    Administradora convida empresários a investir na região

    Camanongue - A administradora municipal de Camanongue (Moxico), Ana Filomena Chipóia, apelou hoje, naquela localidade, o empresariado nacional, e não só, a investir na exploração do potencial existente no domínio económico e produtivo que a circunscrição oferece.