Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

23 Setembro de 2019 | 16h33 - Actualizado em 23 Setembro de 2019 | 16h32

Mirempt realiza concurso público para Refinaria do Soyo

Luanda - O Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos (Mirempt) lançará, a 24 de Outubro próximo, um concurso público internacional de investimento privado, para a construção de uma refinaria de petróleo no município do Soyo, província do Zaire.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

País quer aumentar oferta de interna de derivados de petróleo

Foto: Bráulio Pedro

O concurso internacional será realizado ao abrigo da Lei 9/16 de 16 de Junho, lei dos contratos públicos e demais legislação aplicáveis.

As apresentações técnicas (roadshow) para o seu lançamento serão realizadas no dia 10 de Outubro em Luanda, e no dia 22, no Dubai.

Angola é o segundo maior produtor de petróleo da África Subsahriana, atrás da Nigéria, com uma produção de 1,4 milhões de barris/dia, mas importa 80 por cento de derivados de petróleo para fazer face às suas necessidades internas.

Para reduzir o défice e consequentemente as importações, no âmbito das reformas em curso no sector petrolífero, estão em cima da mesa os projectos de construção das refinarias do Lobito (Benguela), com capacidade para processar 200 mil barris/dia, e Cabinda, com capacidade de 60 mil barris/dia.

O investimento projectado para a refinaria de Cabinda está avaliado em dois mil milhões de dólares. As obras arrancam este ano e têm conclusão prevista para 2022.

Além das refinarias do Lobito e Cabinda, está em marcha o projecto de reabilitação, ampliação e modernização da antiga Refinaria de Luanda.

Com a intervenção de reabilitação e ampliação em curso nesta unidade de processamento de crude, a Refinaria de Luanda vai aumentar a produção de gasolina de 300 para mil e 200 toneladas/ano.

Assuntos Petrolíferas   Petróleos  

Leia também
  • 20/09/2019 13:54:06

    Programa de regeneração da Sonangol com foco na excelência

    Luanda - A Sonangol quer tornar-se numa empresa de referência no ramo petrolífero em África, com a execução do "Programa de Regeneração", em curso, que comporta projectos para a melhoria do desempenho operacional e do posicionamento estratégico da companhia.

  • 16/09/2019 12:30:57

    Petróleo regista aumento de quase 20%

    Londres - Os preços do petróleo chegaram a disparar quase 20% nesta segunda-feira, com o Brent a apresentar o maior ganho intradiário desde a Guerra do Golfo em 1991, após um ataque sobre instalações petrolíferas sauditas no fim-de-semana ter cortado pela metade a produção do reino.

  • 13/09/2019 15:54:22

    BP cede 4% do interesse de participação do bloco 18

    Luanda - A multinacional petrolífera BP decidiu ceder à Sonangol 4%, dos 50% do seu interesse participativo no contrato de partilha de produção do Bloco 18 do offshore angolano.