Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

10 Setembro de 2019 | 18h38 - Actualizado em 10 Setembro de 2019 | 18h38

ENDE instala mais de 20 mil contadores pré-pagos

Lubango - Cerca de 20 mil contadores pré-pagos de controlo de consumo de energia eléctrica estão, desde o princípio deste mês, a ser instalados pela ENDE em bairros do município do Lubango, num âmbito de um processo que vai até 2021.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Esta é a segunda fase de uma acção que começou em 2008. Até 2017, altura em que o processo parou devido à falta de stock, tinham sido instalados 20 mil e 617 contadores para garantir que haja menos perdas comerciais pela fuga ao pagamento e incentivar os clientes a terem um consumo racional.

Em entrevista à Angop, o chefe de Departamento Comercial da ENDE, Wilson Haukelo, disse que a montagem de contadores pré-pagos é prioridade, pois só com o dispositivo é possível evitar perdas financeiras pelo não pagamento das contas de luz.

Fez saber, a título de exemplo, que actualmente 20 mil consumidores não pagam o consumo de energia, acumulando desde 2012 uma dívida de cinco mil milhões e 500 milhões de Kwanzas.

A empresa tem inscrito 75 mil e 500 clientes, mas apenas 55 mil fazem pagamentos regulares. A fuga ao pagamento da electricidade, segundo o gestor, impede a implementação de novos projectos a nível da empresa, como a extensão da rede de média tensão para novas áreas residenciais.

Outro desafio da ENDE tem a ver com a abertura, até ao final deste ano, de seis lojas comerciais no bairro da Machiqueira, Santo António, Mapunda, João de Almeida, Palanca (Lubango) e no município da Matala, no quadro da expansão dos seus serviços e por se notar uma ausência nalgumas zonas da província da Huíla.

Afirmou que o objectivo da criação das lojas é aproximar-se dos clientes, quer para pagamentos de consumo quer para atender a reclamações.

O município do Lubango tem pelo menos um milhão de habitantes, mas a ENDE controla apenas 75 mil. A necessidade actual de electricidade fixa-se nos 350 megawatts, mas as duas fontes de produção actuais (barragem da Matala e central do Lubango) fornecem apenas 69 megawatts.

Assuntos Energia   Província » Huíla  

Leia também
  • 10/09/2019 13:40:23

    Sector eléctrico pode atingir 600 MW de energia solar até 2022

    Luanda - O ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, anunciou hoje, em Luanda, que o país terá uma capacidade de 600 megawatts de energia solar até 2022.

  • 09/09/2019 18:25:24

    BNA cria equipa para facilitar acesso ao crédito

    Lubango - A direcção regional sul do Banco Nacional de Angola (BNA), com sede no Lubango, província da Huíla, vai criar, ainda este mês, uma equipa para mediar os processos de facilitação de acesso ao crédito para projectos empresariais estagnados, por dificuldade de capitais.

  • 07/09/2019 17:16:59

    Sistema norte repõe fornecimento de energia

    Luanda - O fornecimento de energia no sistema norte, que alimenta dez províncias do país, está parcialmente reposto, depois do corte geral registado as 14h00 deste sábado.