Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

06 Dezembro de 2019 | 10h50 - Actualizado em 06 Dezembro de 2019 | 11h52

Huíla na 5ª edição do projecto "Rota Gastronómica"

Lubango - Seis unidades hoteleiras da província da Huíla participam pela primeira vez no projecto "Rota Gastronómica", com o intuito de promover a oferta gastronómica e os produtos nacionais, nas cidades do Lubango, Benguela e Moçâmedes.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Huíla: Osvaldo Lunda - director provincial da Cultura, turismo, juventude e desportos

Foto: Morais Silva

Huíla: Rota da Gastronomia privilegia a manga

Foto: Morais Silva

Nesta quinta edição que hoje começou, o realce vai para a confeição de alimentos à base da manga de Benguela, estando na forja outros actos com a valorização do chouriço caseiro da Huíla e o caranguejo do Namibe.

Esta edição decorre de 6 a 15 deste mês nos estabelecimentos aderentes através de sugestões feitas pelos respectivos chefes de cozinha em menus próprios para o evento.

 A informação foi avançada à Angop, nesta sexta-feira, pelo director provincial do gabinete da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos, Osvaldo Lunda, indicando que na presente edição o produto de referência é a manga, uma fruta sazonal que abunda na região nesta época do ano e com o qual se pretende oferecer várias soluções gastronómicas.

Segundo afirmou, as unidades, naquilo que for o seu cardápio diário, têm de dar primazia a manga.

“Não queremos que fujam da sua rotina, mas que nesta fase, usem preferencialmente a manga, uma vez que a ideia é movimentar o produto por conta das unidades hoteleiras e com isso poder aumentar a procura dos hotéis, pois muitos gostariam de experimentar pratos feitos com a referida fruta”, explicou.

Leia também
  • 05/12/2019 21:20:31

    País tem fraca cultura de registo de propriedade industrial

    Luanda - Registo de propriedade intelectual no país ainda é deficitário e carece de muita divulgação, tendo em conta a necessidade de protecção das marcas, considerou hoje o especialista em Economia e Gestão da Propriedade Industrial, Gonçalves Toco.

  • 05/12/2019 20:30:44

    Índice de pobreza monetária sobe para 41 por cento em Angola

    Luanda - Pelo menos 41 por cento dos angolanos (11.947.270 pessoas) vivem abaixo da linha da pobreza monetária, representando um aumento de cerca de quatro por cento, comparativamente ao ano 2008, que se cifrou em 37%.

  • 05/12/2019 19:57:01

    Banco atrasa concessão de crédito por incumprimento das empresas

    Luanda - A insuficiência de requisitos, por parte de algumas empresas que concorrem ao Programa de Apoio ao Crédito (PAC), está a atrasar o processo de concessão de empréstimos bancários para alavancar a produção nacional e diminuir a importação de bens e serviços no país, soube esta quinta-feira a Angop.