Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Novembro de 2019 | 10h01 - Actualizado em 13 Novembro de 2019 | 10h01

Suspensa exploração de madeira no Cuando Cubango

Menongue -O governo do Cuando Cubango suspendeu, nessa terça-feira, a exploração de madeira em toda a extensão da província, devido ao estado caótico e de descontrolo desta actividade na região.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Além de fiscais, governo do Cuando Cubango envolveu polícia no controlo e fiscalização da exploração de madeira

Foto: David Dias

A levantamento da suspensão da actividade vai depender das decisões a serem produzidas no contacto entre as autoridades competentes do Ministério da Agricultura e Florestas e do governo local. 

A informação consta no comunicado final da IIIª reunião do governo, orientada pelo governador da provínvcia do Cuando Cubango, Júlio Bessa, que Angop teve acesso hoje. o documento avança que no encontro foi analisada a situação de devastação florestal, considerada preocupante.

No âmbito das visitas que o governador realizou no município de Menongue, sede capital da pr'ovíncia, em finais do mês de Outubro do corrente ano, registou, "com preocupação", o corte da madeira do tipo Mussivi, cuja acção já foi proibida, tendo sido apreendido um camião carregado com a referida madeira.

O governo orientou, por outro lado, às administrações municipais, comandos municipais e comunais da Polícia Nacional e aos Fiscais, para que, dentro dos procedimentos legais, intensifiquem acções relacionadas ao combate às queimadas e à caça furtiva, criando nas suas áreas de jurisdição mecanismos de controlo para desactivar os pontos de captura e de venda de carne de caça, bem como a aplicação de medidas punitivas aos prevaricadores.

Por outro lado, durante a sua visita à comuna do Caiundo, município de Menongue, Júlio Bessa registou, também, depois da probição da caça para fins lucrativos ao invés do consumo apenas, jovens com cabeças de cabra do mato abatidas.

Entre outros assuntos, a reunião avaliou as medidas tomadas para conter a caça furtiva, queimadas e exploração ilegal da madeira.

Leia também
  • 11/11/2019 00:23:03

    Campanha agrícola envolve 25 mil famílias em Chicomba

    Chicomba - Vinte e cinco mil famílias camponesas do município da Chicomba, província da Huíla, de 111 associações e cinco cooperativas de camponeses receberam apoios do governo em in puts agrícolas para a campanha que começou em Outubro.

  • 10/11/2019 19:12:44

    Uíge: Preparados mais de 600 mil hectares de terra arável

    Uíge - Seiscentos e cinquenta e dois mil 766 hectares de terra arável foram preparados na província do Uíge, para o cultivo de produtos diversos, na época agrícola 2019/20, com vista o fomento da produção na região.

  • 08/11/2019 20:21:14

    Serviços Prisionais envolve reclusos na campanha agrícola

    Cuito - Os Serviços Prisionais da província do Bié abriu, hoje, sexta-feira, o ano agrícola 2019/2020, com uma previsão de colheita fixada em cem toneladas de produtos diversos.