Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Novembro de 2019 | 14h07 - Actualizado em 14 Novembro de 2019 | 09h06

Agência Wiliete Crédito disponibiliza mais de AKZ 300 milhões

Huambo - Uma carteira de financiamento estimada em mais de 300 milhões de kwanzas está disponível para créditos, através da Wiliete Crédito, destinados a auxiliar a criação de pequenos negócios, por parte de empreendedores, funcionários públicos e privados.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Director do GEPE no Huambo, Araújo Timoteo Calei

Foto: Júlio Vilinga

Acto de inauguração da Agência Wiliete Crédito

Foto: Júlio Vilinga

Esta instituição financeira não bancária vai disponibilizar um financiamento de até sete milhões de kwanzas para entidades singulares e colectivas, a serem reembolsados num período entre três a seis meses, com uma taxa de juros de 10 porcentos, sendo que para a província do Huambo existe uma carteira financeira de 30 milhões de kwanzas até ao final do ano.

O facto foi avançado hoje, quarta-feira, à imprensa pelo director Comercial da instituição, Fábio Cumpanhe, durante o acto que marcou a inauguração da terceira agência da Wiliete Crédito no país, depois de estar já representada nas províncias de Benguela e da Huíla.

Referiu ainda que a instituição irá oferecer, em média, 50 créditos mês aos cidadãos desta região do país.   

Informou igualmente que a instituição tem por objectivo conceder créditos de forma célere, sem burocracia e garantias tradicionais, como hipotecas de bens de valores avultados, mas apenas como prova uma instrução permanente assinado pelo cliente à favor da Wiliete Crédito e um avalista, um mecanismos que já permitiu a concessão de mais de mil créditos.

O acto de inauguração da agência foi orientado pelo director provincial do gabinete de Estudos e Planeamento do governo do Huambo, Araújo Timóteo Calei, que na ocasião enalteceu a iniciativa do grupo Wiliete em por à disposição dos cidadãos estes novos serviços.

Na sua visão, estes irão permitir o fomento de pequenos negócios e contribuir para melhorar a qualidade de vida da população.

Araújo Timóteo Calei disse que assiste-se, nos últimos tempos, o encerramento de muitas pequenas empresas resultante da actual situação que o país atravessa, augurando a mesma venha a dar outro alento neste domínio, o que constitui um ganho para os munícipes do Huambo no sentido de alavancar a economia local.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 13/11/2019 21:11:31

    Governo lança programa de revitalização da cultura do café

    Mundo - O ministro da Agricultura e Florestas, António Francisco de Assis, procedeu hoje, quarta-feira, no município do Mungo (Huambo), ao lançamento do programa de revitalização da cultura do café arábica no sector familiar, com objectivo de contribuir nas estratégias de combate à pobreza e, ao mesmo tempo, garantir a segurança e a qualidade alimentar.

  • 09/11/2019 10:19:24

    CFB prevê abertura da rota Huambo/Caála

    Huambo - O Caminho-de-Ferro de Benguela (CFB) prevê, para os próximos tempos, a abertura da rota Huambo/Caála, à semelhança do que acontece na província do Moxico (Luena /Luau), para dar resposta às necessidades das duas principais regiões do planalto central, com o melhoramento dos transportes de passageiros e de mercadorias.

  • 08/11/2019 21:37:40

    Ministro dos Transportes lança repto aos quadros do sector

    Huambo - O ministro dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu, lançou hoje, sexta-feira, no Huambo, um repto aos quadros do sector no que toca à melhoria da capacidade de gestão, controlo interno e o investimento no capital humano, tendo em conta a importância deste para o crescimento económico do país.