Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

04 Novembro de 2019 | 19h23 - Actualizado em 04 Novembro de 2019 | 19h23

Cooperativas de pescadores denunciam vandalismo em Calumbo

Luanda - Responsáveis das cooperativas de pescadores da comuna de Calumbo, no município de Viana, em Luanda, denunciaram a existência de cidadãos, nacionais e estrangeiros, que vandalizam e destroem a fauna das lagoas naquela localidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Zona de pesca fluvial em Luanda

Foto: Clemente dos Santos

Em declarações hoje ( Segunda-feira) à Angop, o presidente da cooperativa de pescadores do Baixo kwanza Renascer Limitado (RL), Francisco Ventura, disse que no último final de semana registaram-se confrontos entre os filiados da cooperativa  e um grupo de pescadores ilegais em uma das lagoas de Calumbo.

Francisco Ventura referiu que o caso está a ser investigado pelas autoridades policiais na comuna, para aferir as reais causas da confusão.

Denunciou igualmente a existência de pescadores provenientes da República Democrática do Congo que aproveitam capturar o peixe para a comercialização sem cumprir com as normas de pesca para preservar os alevinos.

Segundo o responsável, estes pescadores  capturam os alevinos e os peixe ainda em fase de crescimento, impossibilitando a  reprodução da espécie de forma adequada.

Adiantou ainda que há indivíduos que utilizam malhas e redes inadequadas para a pesca do peixe, ainda em fase de crescimento, instrumentos prejudiciais e que reduzem todas as  espécies nas lagoas.

Segundo aquele responsável, a falta de fiscalização e de policiamento na região tem permitido a actuação destes pescadores ilegais.

O município de Viana possui 12 lagoas, designadamente, Kambi, Kabuco, Muloji, Kauigia, Cassaco, Cardoso, Cagihima, Kilonga Grande, Muxitas, Kicuxi e Soares.   

Assuntos Pesca   Província » Luanda  

Leia também
  • 04/11/2019 18:27:39

    Tribunal de Contas capacita quadros

    Luanda - A juíza presidente do Tribunal de Contas de Angola (TCA), Exalgina Gambôa, afirmou hoje (segunda-feira), que as "Oficinas de Análise Orçamental" vão trazer novas valências técnicas aos quadros da instituição e maior domínio sobre as rubricas orçamentais.

  • 01/11/2019 19:04:03

    Economista considera acertada liberalização da taxa de câmbio

    Luanda - O economista angolano, Pedro Amilcar, considerou hoje (Sexta-feira) em Luanda, de acertada a medida do BNA de liberalizar a taxa de câmbio, afirmando que a médio e longo prazo vai permitir que haja paridade no valor entre o mercado formal e informal e o desaparecimento do último.

  • 01/11/2019 13:44:21

    Decorrem em Luanda Oficinas de Análise Orçamental

    Luanda - As "Oficinas de Análise Orçamental", no âmbito de um programa regional de apoio para o reforço da fiscalização das Contas Públicas nos Países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP) e Timor Leste, decorrem entre os dias quatro e oito de Novembro no Tribunal de Contas, em Luanda.