Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

05 Novembro de 2019 | 20h29 - Actualizado em 05 Novembro de 2019 | 20h28

BCI tem novo Conselho de Administração

Luanda - O Banco de Comércio e Indústria (BCI) conta, desde hoje, com um novo Conselho de Administração, presidido por Zenaida Gertrudes dos Santos Ramos Zumbi.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Banco de Comércio e Indústria (BCI )

Foto: Angop

Eleita mediante deliberação unânime dos accionistas, a gestora substitui Filomeno Costa Alegre Alves de Ceita, por caducidade de mandato.

Assim, à luz dos estatutos dessa sociedade, o novo Conselho de Administração do BCI é agora integrado por Ederson Cruz de Sousa Machado e Renato de Assunção Borges (administradores executivos) e Gilberto João Pipa Vunge e Raquel Celste da Conceição Kulivela (administradores não-executivos).

Segundo uma nota do Ministério das Finanças, esses gestores substituem, para o quinquénio 2019/2020, os destituídos Jorge Leão Peres, Maria do Carmo Bastos Corte Real Bernardo, João de Jesus Batalha Freire dos Santos e Carlos Alberto Teixeira de Alva Sequeira Bragança, todos ex-administradores.

Nesta conformidade, indica o documento, os accionistas da referida instituição financeira procederam a uma alteração à estrutura de governação corporativa do banco, deliberaram que os novos membros dos órgãos sociais iniciem imediatamente funções, assim como agradeceram o empenho e dedicação dos substituídos.

O Banco de Comércio e Indústria é uma entidade comercial, com capitais cem por cento públicos, tendo na sua estrutura, como accionistas, o Estado, a Sonangol, a Endiama, a Ensa, a Tecul, o Porto de Luanda, a TAAG-SA e a Angola Telecom. A mesma conta com representações nas 18 províncias do país.     

Assuntos Banca  

Leia também
  • 01/11/2019 19:04:03

    Economista considera acertada liberalização da taxa de câmbio

    Luanda - O economista angolano, Pedro Amilcar, considerou hoje (Sexta-feira) em Luanda, de acertada a medida do BNA de liberalizar a taxa de câmbio, afirmando que a médio e longo prazo vai permitir que haja paridade no valor entre o mercado formal e informal e o desaparecimento do último.

  • 24/10/2019 20:35:47

    BNA quer formação de mercado cambial organizado

    Luanda - O Conselho de Administração do Banco Nacional de Angola (BNA) manteve, nesta quinta-feira, a porta fechada num encontro com responsáveis das instituições financeiras e não-bancárias, para abordar a taxa de câmbio de referência, baseada no equilíbrio entre a procura e a oferta da moeda estrangeira.

  • 27/09/2019 18:54:08

    Munícipes solicitam agências bancarias no interior de Icolo e Bengo

    Icolo e Bengo - A população residente em Icolo e Bengo, em Luanda, solicita a instalação de agências ou postos bancários no interior do município, evitando assim que os munícipes percorram longas distâncias até a vila de Catete, onde existem serviços bancários.