Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

20 Setembro de 2020 | 22h52 - Actualizado em 21 Setembro de 2020 | 06h58

Clubes do Girabola adiam retoma ao trabalho

Luanda - Vinte e quatro horas após o prazo que autoriza a retoma aos treinos nas instituições desportivas, a efectivação de tal desiderato ficou adiada nalguns dos principais clubes que evoluem no Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão "Girabola".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Desafio entre Interclube X Recreativo Caála

Foto: AE

Equipas do Girabola atrasam retoma aos treinos

Foto: David Dias

Efectivamente, as expectativas ficaram goradas quanto a um arranque em grande dos treinos, fundamentalmente ao nível da modalidade “rei”, cujos recentes pronunciamentos de dirigentes e praticantes revelaram elevado nível de ansiedade.

A vontade de voltar esbarrou na necessidade de cumprimento do decreto presidencial sobre as medidas de biossegurança, destacando-se o uso de balneários apenas para situações fisiológicas, prelecções em espaços abertos, testagem e redução do grupo de trabalho.  

A equipa de futebol do Petro de Luanda, formação mais titulada do Girabola (15 troféus) e o Interclube (bicampeão) iniciam os trabalhos apenas nesta segunda-feira, tal como o Recreativo do Libolo, FC Bravos do Maquis e Sagrada Esperança, esta já levantou o ceptro em uma ocasião.

O 1º de Agosto, segunda colectividade mais consagrada do evento (13 títulos) anunciou a realização de testes apenas na terça-feira.

Também divulgou a retoma aos treinos colectivos para esta segunda-feira, o clube Heróis da Baixa de Cassanje de Malanje, estreante da competição, cujo arranque depende da evolução da pandemia da covid – 19.

Em declarações à ANGOP, o secretário-geral, Filemon Mbaca, disse que a comissão de combate à pandemia na província tem já disponibilizado os testes.

Em posição contrária estão o Ferroviário e Desportivo da Huíla, esta última equipa sensação do Girabola2019/20 cancelado quando faltavam cinco jornadas para o fim, devido a situação sanitária.

Estas agremiações descartaram para já, em declarações à ANGOP, o regresso aos trabalhos por falta de condições de biossegurança.

As actividades desportivas no país paralisaram em Março último por conta de um decreto presidencial, devido o aumento de casos de covid – 19.

Este facto levou o cancelamento de várias provas, destacando-se campeonatos nacionais e provinciais em todo o país.

Segundo dados actualizados, Angola conta com 3.991 casos positivos de covid -19, 152  óbitos, 1.445 recuperados e 2.394 activos.

Assuntos Polidesporto  

Leia também
  • 19/09/2020 10:48:51

    Médico recomenda retoma responsável aos treinos

    Luanda - A retoma aos treinos desportivos federados, a partir deste sábado, conforme decreto presidencial, deve ser feita de forma responsável, sob o risco de desvalorização do esforço do Governo, até à data, para combater a propagação da covid -19.

  • 15/09/2020 15:49:57

    Covid-19 infecta primeiro desportista angolano

    Luanda - O novo coronavírus já infectou directamente praticamentes de todas as principais modalidades desportivas no mundo, registando-se, sexta-feira, o primeiro caso de um atleta angolano, desde que a doença foi identificada na cidade de Wuhan (China), em Dezembro de 2019.

  • 08/09/2020 20:17:17

    Treinos federados retomam este mês

    Luanda - Os treinos nas modalidades federadas retomam a partir de dia 19 deste mês de Setembro, anunciou nesta terça-feira, em Luanda, o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.